quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Mapa das religiões muda no Brasil

De um país quase exclusivamente católico, o Brasil vem se tornando um país de grande diversidade religiosa. Segundo estudo recentemente divulgado pela FGV, atualmente se identificam como católicas apenas 68,13% da população. Isso significa uma queda de 15% somente nos últimos 18 anos analisados pela pesquisa.

Enquanto isso, as religiões evangélicas, têm mostrado tendência inversa: entre 2003 e 2009 cresceu 13,13% e agora são praticadas por 20,23% da população.

Também cresceu o número de pessoas que não praticam nenhuma religião: 6,72% da população. Esse número, desdobrado por sexo, mostra diferença significativa entre a religiosidade das mulheres e dos homens. Entre elas 5% não tem religião; entre eles, 8,52%.

A Região Nordeste é a que tem mais católicos (74,9%) e o Rio de Janeiro, o estado que tem menos católicos (49,83%). Nesse estado, 15,95% não pratica nenhuma religião.

O Acre é o estado onde mais há evangélicos (pentecostais), com 24,18% da população.

Curiosamente, os sem religião estão entre os mais pobres (classe E) e os mais ricos (Classe A). E, também curiosamente, são as classes que têm o maior número de católicos. Já os evangélicos têm mais praticantes na classe D.

Religiões orientais e o espiritismo também tiveram um pequeno avanço, pricipalmente no Rio de Janeiro e São Paulo.

Nenhum comentário:

b56a63c5-6e12-4ad3-81ef-13956069e781