domingo, 30 de setembro de 2012

A arte do eleitor em ação XIII


Programa Brasil Alfabetizado

Segundo o IBGE, Bom Despacho tem mais de 2.000 analfabetos com mais de 15 anos. Considerando o número de analfabetos funcionais, esse número sobe para cerca de 15.000 pessoas.  O programa Brasil Alfabetizado destina-se a colocar essas pessoas de volta na escola.

O sistema foi implantado em Bom Despacho, mas foi de tal forma mal administrado, que os resultados são pífios.

Entretanto, é um excelente programa, pois destina-se a alfabetizar ou completar a alfabetização de jovens e adultos. Além disso, é fonte de renda, pois os alunos que frequentam as aulas recebem bolsas. No nosso governo, essa será outra alternativa de receita para o Município e também outra vis a de resgate social.

Veja  abaixo um pouco mais sobre o programa.
Brasil Alfabetizado
O Ministério da Educação (MEC) desenvolve, desde 2003, o Programa Brasil Alfabetizado (PBA), voltado à alfabetização de jovens, adultos e idosos e à formação de alfabetizadores, com o objetivo principal de universalizar o acesso à educação.

Agora, o programa atua também integrado ao Brasil Sem Miséria, levando apoio técnico para estabelecer e garantir continuidade nos estudos, sempre com foco na educação como maneira de combater as desigualdades socioeconômicas.

O PBA é parte integrante da política de Educação de Jovens e Adultos (EJA), sendo considerado a porta de entrada para o ensino fundamental de jovens, adultos e idosos. É desenvolvido em todo o território nacional, por meio da transferência de recursos financeiros, em caráter suplementar, aos entes federados que aderem ao Programa e por meio do pagamento de bolsas-benefício a voluntários que atuam como professores de alfabetização, coordenadores de turmas e tradutores-intérpretes de libras (língua brasileira de sinais).

Atualmente, Brasil Alfabetizado está presente em 1.928 municípios. Desde 2003, o programa já alfabetizou 12 milhões de pessoas.

Para o fortalecimento as ações do Programa Brasil Alfabetizado, os alunos contam com o Programa Nacional do Livro Didático de Educação de Jovens e Adultos (PNLD-EJA).

Por meio da adesão a este programa, a instituição parceira recebe livros para serem utilizados nas turmas de alfabetização.

Há ainda a Coleção Literatura Para Todos, que é uma estratégia que procura democratizar o acesso à leitura para jovens, adultos e idosos recém alfabetizados, chamados de neoleitores.

Programa saúde na escola

O governo federal oferece verbas para implantação do programa "Saúde na Escola". Por falta de inciativa do executivo municipal, Bom Despacho nunca se beneficiou dessas verbas. É outra fonte de recurso de que lançaremos mão no nosso governo.

Veja, abaixo, as  características básicas desse programa.
Saúde na Escola
Resultado de uma parceria, iniciada em 2008, entre os ministérios da Saúde e da Educação, o Programa Saúde nas Escolas (PSE) tem o objetivo de promover a saúde dos alunos brasileiros de escolas públicas. As equipes vinculadas ao programa desenvolvem ações nas escolas de sua área de cobertura.

De acordo com o Ministério da Saúde, apenas nas cidades abarcadas pelo Plano Brasil Sem Miséria em 2011, um total de 3.725 equipes do Programa Saúde da Família devem se vincular ao Saúde na Escola. Em 2014, esse número deve subir para 7.500.

O Programa Saúde nas Escolas está estruturado em quatro blocos. O primeiro consiste na avaliação das condições de saúde, envolvendo estado nutricional, incidência precoce de hipertensão e diabetes, saúde bucal (controle de cárie), acuidade visual e auditiva e avaliação psicológica do estudante.
O segundo trata da promoção da saúde e da prevenção, que trabalhará as dimensões da construção de uma cultura de paz e combate às diferentes expressões de violência, consumo de álcool, tabaco e outras drogas. Também neste bloco há uma abordagem à educação sexual e reprodutiva, além de estímulo à atividade física.

O terceiro bloco do programa é voltado à educação permanente e capacitação de profissionais e de jovens. O último bloco de atuação do programa prevê o monitoramento e a avaliação da saúde dos estudantes por intermédio de duas pesquisas.

O tempo de execução de cada parte deve ser planejado pela Equipe de Saúde da Família, levando em conta o ano letivo e o projeto político-pedagógico da escola. As ações previstas no Saúde nas Escolas serão acompanhadas por uma comissão de educação e de saúde, formada por pais, professores e representantes da saúde, que poderão ser os integrantes da equipe de conselheiros locais.

Dinheiro para a educação em Bom Despacho

Numa prefeitura, dinheiro nunca sobra. Mas, para algumas áreas importante, tampouco há falta desesperadora. É o caso da educação, que conta com significativas verbas federais. Um dos programas que mostram isso é o "Mais Educação", criado em 2008 e voltado para a oferta de escolas em tempo integral nos municípios.

Abaixo, um resumo do programa - do qual Bom Despacho nunca se beneficiou, por falta de iniciativa do executivo municipal:

 O Programa Mais Educação, conhecido como “escola em tempo integral”, criado em 2008, aumenta a oferta educativa nas escolas públicas por meio de atividades optativas.

É por meio dessa ação que o governo federal leva o ideal de educação integral para as escolas públicas do País.

Entre as alternativas de atividades complementares estão ações ligadas ao acompanhamento pedagógico, meio ambiente, esporte e lazer, direitos humanos, cultura e artes, cultura digital, prevenção e promoção da saúde, educação científica e educação econômica, dentre outros.
Para melhorar o ambiente escolar, o programa tem como base estudos desenvolvidos pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e utiliza os resultados da Prova Brasil. Nesses estudos destacou-se o uso do Índice de Efeito Escola (IEE), indicador do impacto que a escola pode ter na vida e no aprendizado do estudante, cruzando informações socioeconômicas da cidade onde a escola está localizada.

A área de atuação do programa foi demarcada inicialmente para atender, prioritariamente, as escolas com baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), situadas em capitais e regiões metropolitanas. A partir de 2011, o programa passa a integrar o  Brasil Sem Miséria.

O Mais Educação está presente em 15 mil escolas, de 1,4 mil municípios, de todos os estados e no Distrito Federal, com atendimento de três milhões de estudantes. Para o desenvolvimento de cada atividade, o governo federal repassa recursos para ressarcimento de monitores, materiais de consumo e de apoio segundo as atividades. As escolas beneficiárias também recebem conjuntos de instrumentos musicais e rádio escolar, dentre outros.

A arte do eleitor em ação XII


Arte do eleitora em ação XI


quinta-feira, 27 de setembro de 2012

A arte do eleitor em ação VIII


Cooperbom promove palestra "vacinas e vacinações"


Atualização dos nossos gastos de campanha

No sentido de manter o eleitor informado, divulgamos nossa penúltima demonstração de gastos de campanha. A demonstração final será feita na semana seguinte às eleições. Nossa previsão é chegar ao final da campanha com um gasto total de R$ 70 mil.

Chamamos a atenção para o fato de que mantivemos nosso compromisso de não aceitar dinheiro de empreiteiras, mas tão-somente de pessoas físicas. Acreditamos que essa decisão é importante pois nos obriga a fazer uma campanha mais modesta e, ao mesmo tempo, nos deixa livres para governar sem a interferência indevida de empresários.

Incêndio no Topa Tudo e a falta de bombeiros

Esse incêndio no Topa Tudo - e diversos outros havidos em Bom Despacho - nos lembra da necessidade de termos uma guarnição do corpo de bombeiros em Bom Despacho. >

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Campanha UM JEITO NOVO entra na reta final sem poluição sonora e sem cavaletes

A 13 dias das eleições, temos o orgulho de entrar na etapa final da campanha sem poluição sonora e sem sujeira. Não usamos carro de som, não poluímos as ruas com cavaletes, não jogamos santinhos nas varandas ou sob as portas das pessoas.

Nossos votos, pedimos pessoa a pessoa, visitando todas as casas de Bom Despacho. Até o momento já visitamos cerca de 80% das residências.

Percebemos que a população já entendeu a importância de que os políticos preservem a limpeza da cidade – que dêem o exemplo – desde na campanha. Agradecemos o enorme o apoio que estamos recebendo por nossa decisão.
Obrigado, Bom Despacho! Vamos chegar com base em nossas propostas e não pelo incômodo repetido em nossos ouvidos!
 

Arte do Eleitor em ação VI


Arte do Eleitor em ação V


domingo, 23 de setembro de 2012

Vídeo melhorado do debate dos candidatos a prefeito promovido pela OAB

Nota do autor do vídeo: O Debate filmado, com qualidade melhor do que o transmitido, está no link abaixo. Houve edição no vídeo para tirar os momentos de longo silêncio e intervalos entre os blocos, porém as perguntas e respostas de todos os candidatos estão na íntegra, sem alteração. Ao final, todos os candidatos presentes foram entrevistados para avaliarem o evento. Assista às entrevistas no final da gravação. Estiveram presentes quatro dos cinco candidatos e seus respectivos vices: Fernando Cabral e Dr. Sérgio; Vital Guimarães e José Raimundo; Zé do Nô e Breno Gontijo ; Dr. Bertolino e Tito. Houve apenas uma chapa faltante: Joice Quirino e seu vice Dr. Marco Túlio.

Arte do Eleitor em ação IV


sábado, 22 de setembro de 2012

Fernando Cabral explica a professores a gratificação por desempenho e o funcionamento das escolas nas férias

No governo Fernando Cabral os profissionais da educação receberão bonificação por excelência de desempenho e as escolas funcionarão em horário integral e também manterão suas atividades nas férias.

Abaixo, o candidato Fernando Cabral explica como esses dois elementos beneficiarão tanto aos alunos quanto aos profissionais de ensino.


A remuneração por produtividade é um EXTRA que os profissionais de ensino receberão caso ultrapassem as metas propostas para a escola. Essas metas são especificadas de comum acordo com a diretora, coordenadora pedagógica e professoras.

Dou alguns exemplos de metas: digamos que uma escola esteja com o IDEB em 5 e sua meta para o ano seja chegar em 5,3 (isso é só um exemplo). Haverá um adicional se a meta for atingida e outro adicional se for ultrapassada.

Outro exemplo: digamos que a evasão escolar média de uma determinada série seja de 5%. Daremos um prêmio para os profissionais de ensino que conseguirem baixar essa evasão para 4%, 3%, 2%, etc.

Note que não existe prejuízo para a remuneração regular. A remuneração por produtividade é um extra que os profissionais da educação receberão por excelência no desempenho.

Quanto às férias, não existe possibilidade de retirar férias do professorado. As férias são direitos constitucionais (art. 7º, inciso XVII, c/c art. 39, §3º da Constituição da República). Nenhuma lei pode alterar isso.

Nas férias as escolas funcionarão, essencialmente, em regime de COLÔNIA DE FÉRIAS, portanto, a demanda por professores será entre mínima e inexistente(sim, isso poderá acontecer).

Porém, onde e quando elas forem necessárias, elas serão escolhidas com os seguintes critérios sucessivos de preferência:

a) As que quiserem permanecer na situação em que se encontram, assim será feito;

b) As que quiserem trabalhar metade do período de férias, recebendo em dobro, poderão fazê-lo, escolhendo a primeira ou segunda quinzena para gozar férias. Isso significa que receberão um período em dobro e sairão de férias no outro período;

c) As que quiserem permanecer na escola durante todas as férias, assim farão, gozando suas férias em outro período, fora da época das férias escolares;

d) Se ainda assim faltarem professores da rede pública, a presença delas será suprida de duas formas complementares: 1) fornecimento por órgãos conveniados para as colônias de férias, caso tenham os profissionais adequados; 2) contratação temporária, na forma da lei.

Portanto, a produtividade se destina a premiar os profissionais mais destacados. Já as férias não alteram em nada os direitos dos professores. Ao contrário, acrescentam novas possibilidades de ganho e oportunidade para tirarem férias fora da alta estação.

Em suma, esse sistema trará grandes benefícios para as professoras, para os pais e para os estudantes.

Assista ao vídeo do debate entre candidadatos a prefeito

Debate OAB - Candidatos à Prefeito de Bom Despacho - MG que aconteceu no dia 19 de setembro de 2012 na sede do SESC-MG, em Bom Despacho. Estiveram presentes quatro dos cinco candidatos e seus respectivos vices: Fernando Cabral e Dr. Sérgio; Vital Guimarães e José Raimundo; Zé do Nô e Breno Gontijo ; Dr. Bertolino e Tito.

A chapa Joice Quirino e seu vice Dr. Marco Túlio não compareceu.

O debate foi filmado e transmitido AO VIVO por Ronaldo Jannotti. Video streaming by Ustream

Arte do eleitor em ação (III)

Em Bom Despacho, eleitores criativos continuam trabalhando na promoção dos seus candidatos à prefeitura.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

A arte do eleitor em ação (II)


A arte do eleitor em ação


Amanhã a primavera chegará a Bom Despacho

Às 14 horas e 14 minutos de amanhã (22/9) a primavera começará para nós (primavera austral).

Essa estação começa no dia do equinócio de setembro e vai até o solstício de dezembro, que em 2012 acontecerá às 11 horas e 11 minutos de 21 de dezembro, quando começa o verão.

O equinócio acontece quando o Sol aparenta passar pelo equador terrestre, indo de um hemisfério para o outro. Nessa ocasião, dia e noite têm a mesma duração.

Com a primavera começam a chuvas (que ontem deu o ar da graça), o rebrotar e florescimento da flora e o renascer da fauna.

Conheça o projeto para a Mata do Batalhão

Para tornar a Mata do Batalhão um local propício à meditação, aos esportes, à cultura, ao lazer e à educação ambiental, adotamos como ponto de partida o projeto elaborado pela arquiteta e urbanista Marilene Mesquita de Oliveira Rocha. Para conhecê-lo em detalhe, clique na imagem ou aqui.

Aproveito para destacar que a Polícia Ambiental manifestou  a intenção de voltar ao parque. Noto que o lugar dela está reservado (item 4). A presença desses policiais é relevante porque melhora a segurança do Parque e cria um ambiente propício para interação com as crianças e jovens - o que facilita a educação ambiental.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Mata do Batalhão precisa de ajuda para debelar incêndio.

Nesse momento (13 horas do ai 18 de setembro) a Mata do Batalhão está em chamas desde o campo do FAMORINE até próximo da Vara do Trabalho.

Quem puder dar uma força para debelar o incêndio será bem vindo. (A foto abaixo foi tirada minutos atrás).

Cooperbom convida para jantar de negócios e tratar de produção leiteira


Deputada Luzia Ferreira declara apoio a Fernando Cabral

Ouça a mensagem de apoio que Deputada Estadual Luzia Ferreira enviou aos eleitores de Fernando Cabral.

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Ouça o programa de rádio do 23 no dia 14 de setembro

Ouça o programa da coligação "um jeito novo de fazer política" que foi ao ar no dia 14 de agosto de 2012.

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

OAB divulga ficha de inscrição para participar do debate entre candidatos a prefeito

Os interessados em participar do debate entre os candidatos a prefeito devem preencher a ficha de inscrição que segue a levar à OAB (Edifício Eldorado). (clique aqui ou na imagem abaixo para baixar o arquivo com a ficha).

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Feirão do agronegócio


Banco do Brasil, Triama, Santos & Dias convidam para o feirão de agronegócios.
Data: 14 e 15 de setembro
Horário: 13:00 às 18:00 horas
Local: Parque de Exposições de Martinho Campos

Vão ser vendidos tratores, máquinas, madeiras tratadas, mudas de eucalipto e vários insumos para o produtor rural em condições especiais.

O financiamento será do Banco do Brasil com taxas de juros à partir de 2% ao ano,

Haverá prêmios e distribuição de brindes.

domingo, 9 de setembro de 2012

OAB divulga regras do debate dos candidatos a prefeito

Promovido pela OAB, o debate entre candidatos a prefeito, acontecerá no dia 19 de setembro, às 19 horas, no salão do SESC/LACES

DEBATE ELEIÇÕES MUNICIPAIS BOM DESPACHO 2012


I – Dados gerais sobre o evento

1 – Evento: debate público e organizado entre os candidatos ao cargo de prefeito do município de Bom Despacho, MG.

2 – Entidade organizadora: Ordem dos Advogados do Brasil, por sua 70ª Subseção, Bom Despacho, MG.

3 – Data do evento: 19 de setembro de 2012.

4 – Horário do evento: das 19h às 22h.

5 – Local do evento: salão principal do SESC Laces Bom Despacho.


II – Regras gerais e dinâmica do debate:

1 – O debate poderá ser coberto ou mesmo transmitido por qualquer órgão de imprensa, sendo exigido para tanto que o órgão esteja previamente cadastrado.

1.1 – cada órgão de imprensa poderá cadastrar, para cobertura/transmissão do evento, até duas pessoas, devendo fazê-lo até às 17h do dia 17 de setembro de 2012 na OAB (Rua Vigário Nicolau, 111, sala 208, Centro, Bom Despacho, MG).

1.2 – o órgão de imprensa que se interessar por cobrir o evento deverá veicular, durante sua programação normal, notas divulgando o evento à população.

2 – Obedecida a capacidade do local do evento, qualquer pessoa poderá assistir o evento no local de sua realização.

2.1 – a pessoa que quiser estar no evento deverá se inscrever previamente na OAB, doando, no mesmo ato, um quilo de arroz ou de feijão à OAB.

2.2 – no ato da inscrição, o interessado deverá preencher formulário com sua qualificação completa, assinando tal documento e declarando total ciência das regras que regem os debates eleitorais em geral e este em particular.

2.3 – para ter acesso ao local do evento, o interessado deverá apresentar o documento oficial de identidade usado para preenchimento do formulário de inscrição e comparecer ao local até, no máximo, 18h45min. Após este horário as portas serão fechadas e ninguém mais terá acesso ao local.

3 – É terminantemente proibido qualquer tipo de manifestação do público (vaias, aplausos, gritos, apitos, etc.) em qualquer momento do evento, mesmo em eventuais intervalos.

3.1 – também não é admitido o uso de qualquer vestimenta ou material que, direta ou indiretamente, se refira à campanha eleitoral, a algum candidato, a algum partido político ou a alguma coligação partidária, aí incluídos adesivos, camisetas, bonés, bottons, bandeiras etc..

3.2 – é terminantemente proibida a utilização de qualquer equipamento sonoro na área do SESC (e não somente no local do evento).

3.2 – aquele que não respeitar estas regras e as demais referentes ao debate terá sua retirada do local providenciada.

4 – Está autorizada a transmissão ao vivo do evento para telões ou similares, desde que previamente informada à organização do evento, ficando todas as providências necessárias a tal a cargo do interessado, que também será o único responsável por toda e qualquer eventualidade.

5 – Os candidatos a prefeito e respectivo candidato a vice-prefeito se postarão no palco existente no local, em disposição previamente definida por sorteio.

6 - Se, em qualquer momento, houver ofensa de um candidato a algum outro candidato a prefeito ou a vice-prefeito, o candidato a prefeito ofendido ou cujo candidato a vice tenha sido ofendido poderá replicar a ofensa, sendo-lhe assegurado 1 (um) minuto para tanto ao final da manifestação em que foi proferida a ofensa.

6.1 - Para ter este direito, o candidato a prefeito deverá comunicar à Comissão Eleitoral sua intenção e esta comissão apreciará o pedido, decidindo a questão de forma irrecorrível.

7- O candidato a vice-prefeito pode participar do evento auxiliando o candidato a prefeito, mas não pode se manifestar, ainda que o candidato a prefeito não se faça presente.

8 – A Comissão Eleitoral será composta por Mário César Hamdan Gontijo, Haroldo Celso de Assunção e Ricardo Alexandre Lopes Assunção e tem por competência dirimir e decidir, soberanamente e por maioria de votos, toda e qualquer questão que lhe seja submetida durante o debate.

9 - Os trabalhos serão abertos pelo Presidente da 70ª Subseção da OAB/MG, que explicará, sucintamente, o significado e o fim do evento.

10 - O condutor do debate (mediador), a ser escolhido pela OAB, preferencialmente entre pessoas que não tenham qualquer vínculo com a cidade de Bom Despacho, MG, abre o debate propriamente dito explicando, em linhas gerais, as regras do debate, que será dividido em três blocos.

III - Primeiro bloco do debate:


1 - Cada candidato deverá elaborar e entregar até às 17h do dia 17 de setembro de 2012 à OAB cinco perguntas sobre cada um dos seguintes temas, de forma que a mesma possa ser lida em, no máximo, 1 (um) minuto:

1.1 - educação e meio ambiente

1.2 - saúde

1.3 - segurança

1.4 - cultura, esporte, lazer e turismo

1.5 - infraestrutura, emprego e renda

2 - De uma urna em que estarão os temas elencados, o mediador sorteará um.

2.1 - De uma urna em que estarão os nomes de todos os candidatos a prefeito, o mediador sorteará o nome daquele que irá responder à pergunta.

2.2 - De uma urna em que estarão as perguntas elaboradas por todos os candidatos a respeito daquele tema, o mediador retirará a que será respondida pelo candidato sorteado, podendo ocorrer que o candidato venha a responder uma pergunta por ele mesmo elaborada.

3 - O candidato disporá de 2 (dois) minutos para responder, findos os quais a palavra lhe será cassada sumariamente e sem prévio aviso, sendo de sua inteira responsabilidade o controle do tempo que utilizará.

4 – Em seguida, será sorteado o nome de outro candidato para responder a outra pergunta a ser sorteada sobre o mesmo tema e assim sucessivamente até que todos os candidatos tenham tido a oportunidade de responder a uma pergunta sobre o primeiro tema.

4.1 - A seguir, será sorteado o segundo tema e, novamente, o nome do candidato que irá responder, procedendo-se novamente como já descrito anteriormente até que todos os temas tenham sido abordados e até que todos os candidatos tenham tido oportunidade de responder às perguntas sorteadas.

5 - Caso algum candidato a prefeito que não tenha informado que não iria comparecer ao debate no prazo e forma constantes da carta convite recebida por ele, não compareça, seu nome será mantido nas urnas e as perguntas lhe serão feitas normalmente. O mediador aguardará por 5 (cinco) segundos e pronunciará que “não houve resposta”.

5.1 - Caso algum candidato a prefeito que tenha informado que não iria comparecer ao debate no prazo e forma constantes da carta convite recebida por ele, efetivamente não compareça, seu nome será mantido nas urnas e as perguntas lhe serão feitas normalmente. O mediador aguardará por 5 (cinco) segundos e pronunciará “candidato ausente”.


IV - Segundo bloco do debate:

1 - Neste bloco, as perguntas serão feitas no momento por um candidato e respondidas por outro.

2 - Os nomes de todos os candidatos a prefeito serão colocados em duas urnas. De uma delas, será sorteado o nome do candidato que fará a pergunta e da outra o nome do candidato a quem a pergunta será dirigida (se for o nome daquele que faz a pergunta, outro nome será sorteado). O candidato que houver respondido à primeira pergunta, será o que fará a próxima pergunta a candidato cujo nome será retirado da urna e assim sucessivamente até que todos os candidatos tenham tido oportunidade de perguntar e responder uma vez. Se o candidato que for responder já houver feito a sua pergunta, o nome de outro que ainda não tenha perguntado será sorteado.

3 - O candidato disporá de 1 (um) minuto para fazer a pergunta, Findo este tempo, a palavra lhe será cassada sumariamente e sem prévio aviso, sendo de sua inteira responsabilidade o controle do tempo.

3.1 - Para responder, o candidato disporá de 2 (dois) minutos. Findo este tempo, a palavra lhe será cassada sumariamente e sem prévio aviso, sendo de sua inteira responsabilidade o controle do tempo.

3.2 - O candidato que fez a pergunta disporá, então, de outros 30 (trinta) segundos para tecer comentários sobre a resposta dada, podendo optar por, ao invés de comentar a resposta, dar a sua resposta à pergunta.

3.3 - Não haverá direito a tréplica.

4 - Caso algum candidato a prefeito que não tenha informado que não iria comparecer ao debate no prazo e forma constantes da carta convite recebida por ele, não compareça, seu nome será mantido nas urnas e, quando for a sua vez de fazer uma pergunta ou de responder a alguma pergunta, o mediador aguardará por 5 (cinco) segundos e pronunciará que “não houve pergunta” ou que “não houve resposta”. O candidato que deveria responder à pergunta que não foi feita, disporá do tempo respectivo para discorrer sobre qualquer um dos temas referidos no bloco um e o sorteado para fazer a pergunta poderá fazê-la e terá o direito ao tempo de réplica.

4.1 - Caso algum candidato a prefeito que tenha informado que não iria comparecer ao debate no prazo e forma constantes da carta convite recebida por ele, efetivamente não compareça, seu nome será mantido nas urnas e, quando for a sua vez de elaborar e fazer uma pergunta ou de responder a alguma pergunta, o mediador aguardará por 5 (cinco) segundos e pronunciará “candidato ausente”. O candidato que deveria responder à pergunta que não foi feita, disporá do tempo respectivo para discorrer sobre qualquer um dos seis temas referidos no bloco um e o sorteado para fazer a pergunta poderá fazê-la e terá o direito ao tempo de réplica.

V – Terceiro bloco do debate:

1 - Neste bloco cada candidato poderá responder a uma pergunta formulada previamente pelo público inscrito para estar presente ao debate.

2 - As perguntas deverão ser escritas em formulário próprio e depositadas junto à OAB até às 17h do dia 17 de setembro de 2012.

3 - O mediador retirará da urna um formulário contendo uma pergunta, sorteando também o candidato que irá respondê-la, tudo de forma a que cada candidato tenha a oportunidade de responder a uma pergunta.

4 - A pergunta deverá ser previamente aprovada pela Comissão Eleitoral, para que sejam evitadas, notadamente, perguntas direcionadas ou ofensivas.

5 - O candidato sorteado disporá de 2 (dois) minutos para resposta.

6 - Caso algum candidato a prefeito que não tenha informado que não iria comparecer ao debate no prazo e forma constantes da carta convite recebida por ele, não compareça, seu nome será mantido nas urnas e as perguntas lhe serão feitas normalmente. O mediador aguardará por 5 (cinco) segundos e pronunciará que “não houve resposta”.

6.1 - Caso algum candidato a prefeito que tenha informado que não iria comparecer ao debate no prazo e forma constantes da carta convite recebida por ele, efetivamente não compareça, seu nome será mantido nas urnas e as perguntas lhe serão feitas normalmente. O mediador aguardará por 5 (cinco) segundos e pronunciará “candidato ausente”.


VI - Encerramento

Finalizado este bloco, o mediador retornará a palavra ao Presidente da 70ª Subseção da OAB/MG que fará suas considerações finais e encerrará o evento.



sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Escola Irmã Maria está na Internet

Reproduzimos abaixo mensagem que nos foi enviada pelo prof. David Andrade, da Escola Irmã Maria:

Já está em funcionamento o site da Escola Irmã Maria. (veja aqui)

Em reunião com pais e professores no dia D que é realizado anualmente em todas as escolas públicas de Minas Gerais onde se estabelecem metas para melhorar a Educação nas escolas públicas, uma das metas estabelecidas na Escola Irmã Maria foi estreitar os laços entre famílias, alunos e escola através também da internet.

O site visa disponibilizar fotos dos eventos escolares, sugestões da Biblioteca, histórico da escola, trabalhos, atividades e reforço de todos os conteúdos para os alunos.

O site foi desenvolvido, sob orientação da direção e supervisão, pelo aluno Gabriel Phillipe do 1º ano do Ensino Médio.

Todos os professores foram cadastrados e criou-se pastas de todas as turmas de todos os turnos da escola.

Os professores acessam o site e deixam dicas de estudo bem como os trabalhos e atividades avaliativas, o que permite aos pais o acompanhamento e monitoramento das atividades dos filhos.

Com o site, o professor instigará o aluno a mais pesquisas, o conteúdo não se prenderá somente aos 50 minutos ministrados na sala de aula.

Alunos e professores também aprendem a manusear com eficácia a internet ao fazerem downloads, e outros recursos de navegação na rede e esta eficaz navegação é essencial em nossa sociedade contemporânea.

O próprio professor quando busca uma atividade para postar no site e compartilhar com os alunos é colocado em permanente busca e reciclagem.

Outro ponto positivo com a criação do site é a própria inserção dos alunos no mercado de trabalho visto que há necessidade de profissionais para desenvolvimento de páginas virtuais, e sendo que foi um aluno que participou na criação do site, isso serve de incentivo para outros fazerem o mesmo na manutenção do site, e assim se profissionalizarem e se tornarem conhecidos no ramo.

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Atletas de Bom Despacho se destacam em Divinópolis

Foi realizado no dia 25 de agosto, em Divinópolis, o 2º Sprint de Desporto Orientação realizado pelo CODIV (Clube de Orientação de Divinópolis). Esse esporte, que cresce a cada dia, é uma Corrida de Orientação com mapa e bússola.

Três atletas do grupo IMPISA ADVENTURE de Bom Despacho, Marcus Vinícius, Marco Paulo Garapa, Marcos Libério, participaram do seu o primeiro campeonato de Desporto Orientação, trazendo para sua terra natal a Medalha de 1º Lugar! Esse resultado, se dá através de muito treino e dedicação por parte dos atletas.

Após a conquista, os atletas já se preparam para participar do CBUO (Campeonato Brasileiro Universitário de Orientação) que será realizado em Divinópolis de 13 a 16 de setembro onde terá a participação de centenas de atletas de todo o Brasil.

Que nestes novos desafios, nossos atletas passam ir mais além superando assim, seus limites e indo em busca de novas conquistas.

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Academia de artes marciais faz apresentação de ninjutsu

Aluinos da Academia Hu Long fazem apresentação de ninjutsu no salão de São Vicente









Para ver o álbum completo, clique na foto abaixo.
Apresentação de Ninjutsu - Escola Hu Long - Bom Despacho
b56a63c5-6e12-4ad3-81ef-13956069e781