quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Lixão: mais um presente de grego do prefeito Haroldo Queiroz

Por causa do lixão que o prefeito Haroldo Queiroz alimenta, nós, contribuintes, já estamos devendo R$ 2 milhões em multas. É para isso que pagamos impostos?
Sob a direção de Haroldo Queiroz, homens e animais vivem do lixo da cidade
Nos próximos dias o Ministério Público deverá entrar com duas ações referentes ao lixão. Uma penal, contra o prefeito Haroldo de Sousa Queiroz e seu secretário José Eustáquio Dorneles Penido. A outra contra o Município, por descumprimento de TAC (Termo de Ajustamento de Conduta).

Tudo isso porque, em 2006 – é bom enfatizar: 24 de janeiro de 2006 – o prefeito Haroldo de Sousa Queiroz assumiu o compromisso oficial de acabar com o lixão. Entre outras medidas, até o dia 10 de junho de 2007 deveria ter aprovado pela FEAM o projeto de aterro sanitário.

Esse está no centro da cidade
Tudo serve para espalhar doença
De lá para cá o prefeito e seu secretário Eustáquio Penido não fizeram absolutamente NADA para resolver o problema do lixão. Por isso o Ministério Público não apenas executará o TAC (como já deveria ter feito há muito) como processará criminalmente o prefeito e seu secretário.

Nesse ínterim, estamos pagando R$ 5 mil de multa por dia. Isso vem desde agosto de 2010. Portanto, não só estamos devendo R$ 2 milhões, como a dívida continua crescendo. Sem contar as multas "eventuais", como aquela de pouco mais de R$ 30 mil aplicada semana passada.

Até quando Bom Despacho tolerará que o prefeito continua afundando a cidade dessa forma?

Nenhum comentário:

b56a63c5-6e12-4ad3-81ef-13956069e781