terça-feira, 29 de novembro de 2011

Em sua opinião, qual o maior problema de Bom Despacho?

Para votar ou indicar o maior problema que você vê em Bom Despacho, clique aqui.

Clique na imagem acima e vote
Clique na urna para votar

Fernando Cabral responde – transporte urbano

Pergunta:
O transporte urbano em bom despacho está péssimo. Coletivos sempre atrasados e mudam o horário noturno e não avisam ninguém. Que atitude o senhor como vereador pode tomar, pois temos pago por transporte coletivo caro e não está satisfazendo à  população.

Reposta:

Caro cidadão, a fiscalização do transporte urbano é responsabilidade do prefeito. Também é dele a responsabilidade pela aprovação das tarifas, estabelecimento de horários e definição do percurso dos ônibus.

Por lei, o papel do vereador nesse tipo de problema é muito limitado. O que ele pode fazer é mais ou menos o mesmo que qualquer cidadão pode fazer: denunciar e pedir que o prefeito tome as providências.

Vou lhe dar um exemplo: ainda ontem falei na câmara sobre a falta de abrigo nas paradas de ônibus. Isso é uma vergonha para a cidade. Principalmente agora, na época das chuvas, quando vemos senhoras, crianças e idosos se abrigando debaixo de marquises. Isso, quando tem marquise por perto.

Pois bem, existe dinheiro para a construção dos abrigos. Ele vem das próprias passagens. O prefeito, porém, não só não os constrói como não presta contas do dinheiro. Como ele tem maioria na câmara, os vereadores da base dele (são seis contra três) não nos deixam tomar as medidas legais cabíveis no caso.

Lamento se não posso lhe dar grandes esperanças, mas, se o fizesse, estaria lhe enganando. Precisamos sempre ter em mente que o vereador é proibido de administrar a cidade. Somente o prefeito pode fazê-lo.

De qualquer forma, digo-lhe que farei o que a lei permite que eu faça: pedirei ao prefeito que tome providências, e à empresa de ônibus que faça a parte dela.

Obrigado

- fernando

ASHSQ/2: Invenção bom-despachense

Foi inventado em Bom Despacho o ASHSQ/2, também conhecido como Asfalto Sonrisal Haroldo de Sousa Queiroz / (dividido) por dois. O exemplo está nesta fotografia de uma rua do Bairro do Rosário:
Amostra de ASHSQ/2
O asfalto sonrisal é a parte à esquerda da rua. Com a chuva ele borbulha, ferve e derrete. É daí que vem a parte AS (Asfalto Sonrisal). O lado direito da rua mostra por que é dividido por 2 (/2). O AS só é colocado na metade da via. Finalmente, o HSQ vem do criado dessa modalidade de enganação, o prefeito Haroldo de Sousa Queiroz.

Aproveite. ASHSQ/2 só exite em Bom Despacho.

Primeira dama de Limeira é solta sob protesto da população

Nesta madrugada (29/11) a Justiça paulista liberou a primeira dama de Limeira-SP e seus filhos, todos processados por desvio de dinheiro da prefeitura. A despeito da hora, centenas de manifestantes foram ao local protestar contra a roubalheira na prefeitura(*)           
(*) Vídeo publicado pelo G1. Para ver a matéria original, clique aqui.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Mais um prefeito afastado

Câmara aprova afastamento temporário do prefeito de Limeira, SP

Vereadores aprovam afastamento de Silvio Félix (PDT) por três meses. Prefeito precisa ser notificado da decisão para prazo começar a valer.

Do G1 SP, com informações da EPTV 

A Câmara de Vereadores de Limeira, no interior de São Paulo, aprovou na noite desta segunda-feira (28), por unanimidade, o afastamento temporário do prefeito Sílvio Félix (PDT) e a criação de uma Comissão Processante para investigá-lo. Desde a quinta-feira (24), estão presas temporariamente pessoas ligadas ao prefeito e também familiares de Félix, entre eles a primeira-dama e os dois filhos do casal. A prisão foi decretada por suspeita de envolvimento dos investigados com um esquema de sonegação de impostos, lavagem de dinheiro, furto qualificado, formação de quadrilha e falsidade ideológica.

Caminhão da prefeitura faz transporte gratuito

O caminhão abaixo é da prefeitura.Isso significa que foi comprado com o seu dinheiro; é dirigido por um motorista pago com o seu dinheiro e queima combustível pago com o seu dinheiro. Por isso, só deve ser usado para prestar serviço ao município. Nesse caso, porém, ele estava transportando e jogando no mato o piso arrancado de um posto de gasolina. Ou seja, prestava serviço particular.

É o uso do dinheiro dos nossos impostos para enriquecer os protegidos do prefeito.

Fantástico denuncia primeiras damas que roubam o dinheiro público

Não é só em Bom Despacho que a roubalheira na prefeitura campeia. A diferença é que em outros municípios a polícia, o ministério público e a justiça têm agido com mais vigor.

Não é coincidência que todos crimes denunciados pelo Fantástico também acontece aqui: é que os mecanismos para desvio do dinheiro público valem lá como valem aqui. Os ladrões (e as ladras) aprendem uns com os outros. Apendem rápido. Quem aprende mais devagar é o povo, na hora de escolher seus representantes.

          
Para ler a reportagem na página do Fantástico, clique aqui. Para ler o texto aqui mesmo, no blogue do Fernando Cabral, clique na linha abaixo.

Itamar Saldanha promove 7ª Noite da Cinderela

Na noite do último sábado (26/11) vinte e cinco garotas de 15 anos tiveram sua noite de cinderela. Num salão lotado por familiares, namorados e amigos, com música de Paola Giannini, as garotas mostraram sua graça e beleza juvenis.



Não apenas graça e beleza, pois as cinderelas do Itamar são todas estudantes. Entre os critérios de seleção está o desempenho escolar. Também nesse item todas elas se destacaram.
No final, uma pose para a posteridade
O dia festivo foi organizado pelo cabeleireiro Itamar, com apoio do SESC/MG e o patrocínio de diversas empresas de Bom Despacho e cidades vizinhas. As meninas contaram também com a ajuda dos cabeleireiros da cidade
Cada garota pode apresentar o seu charme num momento de destaque
Itamar Saldanha
Itamar Saldanha é o idealizador da festa que vem se realizando há sete anos. Para isso ele conta com o apoio de empresários, políticos e colegas que o ajudam na tarefa de custear a festa, vestir, calçar e pentear as cinderelas e organizar o cerimonial.

O trabalho de Itamar é um exemplo de solidariedade para Bom Despacho.

sábado, 26 de novembro de 2011

Resultado de pesquisa desagrada a alguns...

Nos últimos dias o Prefeito encomendou uma pesquisa de opinião para saber como os bom-despachenses avaliam o seu mandato. Além disso, ele quis saber também na pesquisa quais são os candidatos preferidos da população para as eleições de 2012. O resultado não foi bem o que ele esperava.....

JonegClique aqui e veja o Jornal de Negócios na Internet.

TG forma mais um turma de atiradores

Na noite de de ontem (25/11) os Atiradores do Tiro-de-Guerra 04-006 prestaram juramento à bandeira, receberam diplomas e medalhas e concluíram sua participação no Curso de Combatente Básico de Defesa                                                       Territorial de 2011.

A cerimônia – conduzida pelo Chefe de Instrução, Subtenente Paulo Sérgio de Oliveira – teve o brilho e o garbo das solenidades militares. Autoridades civis e autoridades militares do Exército, da Marinha e da Polícia Militar prestigiaram o                                                     acontecimento.

 O salão do SESC ficou lotado com familiares e amigos que vieram cumprimentar os novos soldados e cabos do Exército Brasileiro.

Familiares e amigos prestigiaram a formatura dos atiradores
Banda do 7º Batalhão abrilhantou a cerminônia

G1: Justiça condena Prefeito de Uberaba

Denúncia é de contratação de empresa sem devido processo licitatório. 'Decisão é afoita e equivocada', diz Anderson Adauto. 

O juiz Fabiano Rubinger de Queiroz, da 2ª Vara Cível de Uberaba, condenou o prefeito de Uberaba, Anderson Adauto Pereira; o secretário de Administração, Romulo Souza Figueiredo; a procuradora do município, Elisa Maria Boaretto Coimbra; e a empresa Magnus Auditores, com matriz em Belo Horizonte, a ressarcirem os cofres públicos em R$ 29,5 mil com juros e correção monetária. Em nota enviada ao G1, a assessoria da Prefeitura de Uberaba informou que a decisão é afoita e equivocada. A decisão da 2ª Vara Cível é de primeira instância. Ainda cabe recurso.
A sentença do juiz de Uberaba é do dia 18 de novembro. Segundo Fabiano Rubinger os três agentes públicos foram considerados responsáveis pela contratação, sem o devido processo licitatório, da empresa de consultoria, em junho de 2005. Adauto e Figueiredo foram condenados, também, à perda da função pública e à suspensão dos direitos políticos por seis anos.
A decisão do juiz determinou, ainda, a nulidade do contrato firmado entre o município de Uberaba e a empresa de consultoria. Os envolvidos na ação foram proibidos de contratar com o poder público e de receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios durante cinco anos. O prefeito, o secretário e a empresa também foram condenados a pagar multa no valor correspondente a duas vezes os danos ocasionados aos cofres públicos de Uberaba.
saiba mais

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Estadão: Justiça de São Paulo decreta o sequestro dos bens de Gilberto Kassab

Além do prefeito, o secretário de Verde e Meio Ambiente também foi atingido pela sentença; o juiz Domingos de Siqueira Frascino determinou um prazo de 90 dias para nova licitação
 A Justiça de São Paulo decretou nesta sexta-feira, 25, o sequestro dos bens do prefeito Gilberto Kassab (PSD), do secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Eduardo Jorge (PV), de treze empresários e de seis empresas, entre elas a Controlar e a CCR.


A decisão foi tomada pelo juiz Domingos de Siqueira Frascino na ação civil proposta na quinta-feira, 24, pelo Ministério Público (MP) na 11ª Vara da Fazenda de São Paulo, na qual a promotoria aponta a existência de uma fraude bilionária no contrato da Inspeção Veicular Ambiental de São Paulo.


Na liminar, o juiz negou o pedido do MP para afastar o prefeito do cargo. Ao mesmo tempo, determinou a manutenção da inspeção veicular por considerá-la importante para o meio ambiente, mas fixou um prazo de 90 dias para a Prefeitura fazer uma nova licitação afim de romper o contrato com a Controlar por causa dos crimes, das ilegalidades e irregularidades apontadas pelo MP.


O Estado procurou a Prefeitura, que ainda não se manifestou sobre a sentença.

Estado de Minas: Justiça afasta vereadores

Deu no Estado de Minas de hoje:

Acusados de propina afastados Dois vereadores suspeitos de receber dinheiro para aprovar construção do Boulevard Shopping terão bens bloqueados. Sigilo fiscal será quebrado, assim como o de outros oito envolvidos


Alice Maciel 

Publicação: 24/11/2011 04:00
 

A Justiça determinou o afastamento do cargo e o bloqueio de bens dos vereadores de Belo Horizonte Hugo Thomé (PMN) e Carlos Lúcio Gonçalves (PR), o Carlúcio, pela prática de improbidade administrativa. Eles são acusados de intermediar as negociações para cobrança de propina para aprovar o Projeto de Lei 1.600/2008, que autorizava a ampliação da área de construção do Boulevard Shopping, na Região Leste da capital mineira, conforme revelou com exclusividade o Estado de Minas. O juiz da 3ª Vara da Fazenda Municipal, Alyrio Ramos, ainda decretou a quebra do sigilo fiscal deles e dos outros oito vereadores e ex-vereadores, denunciados no mesmo esquema pelo Ministério Público estadual.
O magistrado justificou o afastamento de Hugo Thomé, em sua decisão que será publicada hoje, que o vereador pode “exercer influência sobre os demais réus e sobre as testemunhas prejudicando a instrução processual”. Embora afastados, eles continuam recebendo o salário. Pelo mesmo motivo, Ramos determinou que Carlúcio e Sérgio Balbino (PRP), na qualidade de suplentes, estão impedidos de assumir uma vaga na Câmara, em caso de vacância. O fato é que o republicano Carlúcio já assumiu este ano a cadeira de Carlos Henrique (PRB), eleito deputado estadual no pleito de 2010. Sobrou também para o ex-vereador Sérgio Balbino, que delatou o esquema de compra de voto para beneficiar projeto do shopping. Ele teve decretado o bloqueio dos seus bens, além de estar entre os 10 denunciados que terão o sigilo fiscal quebrado, para apuração dos atos de improbidade administrativa.
Além de Carlúcio e Hugo Thomé, estão denunciados pelo mesmo crime os atuais vereadores Geraldo Félix (PMDB), Maria Lúcia Scarpelli (PCdoB) e Alberto Rodrigues (PV). Também estão incluídos os suplentes na atual legislatura Valdivino Pereira (PTC), Vinicius Dantas (PT), Valdir Vieira (PTN) e o ex-vereador Reinaldo Lima (PV) (veja quadro). De acordo com a denúncia do MP, eles se uniram para criar um grupo suprapartidário, com o propósito de obter vantagem e benefícios pessoais, usando o mandato. A extorsão dos políticos foi confirmada pelo empresário responsável pelo empreendimento, Nelson Gouveia Rigotto, em depoimento ao Ministério Público, e também pelo ex-vereador Reinaldo Lima.
Rigotto, à época, disse que inicialmente os vereadores chegaram a pedir R$ 2 milhões para a aprovação do projeto de expansão do empreendimento e que durante as negociações o valor caiu pela metade. No fim, o montante foi acertado em R$ 320 mil, a serem pagos em duas parcelas de R$ 160 mil, a primeira antes da aprovação do projeto e o restante depois. No dia da votação do texto em primeiro turno, o empresário sacou em espécie de sua conta o valor da primeira parte, conforme a denúncia. No entanto, o segundo repasse não foi confirmado durante as investigações.
REGIMENTO Segundo o procurador-geral da Câmara, Bruno Burgarelli, por se tratar de decisão em caráter liminar, a tendência é de que os dois vereadores sejam afastados por 60 dias, conforme previsto no Regimento da Casa. Existe ainda a possibilidade de os parlamentares permanecerem no cargo até o encerramento do processo, o que acontecerá na hipótese de Carlúcio e Hugo Thomé conseguirem derrubar a decisão de ontem no Tribunal de Justiça (TJ-MG). Encerrado o prazo inicial previsto no regimento, a Câmara decidirá, caso não haja decisões contrárias de instâncias superiores, se ambos continuarão com o mandato suspenso até, no mínimo, o encerramento do processo. “O regimento não é claro em relação a isso e é necessário se debruçar sobre o texto para analisar a situação”, diz Burgarelli.
A saída dos dois parlamentares, conforme o procurador-geral da Câmara, acontecerá imediatamente depois da chegada à Mesa Diretora do comunicado da Justiça sobre o afastamento dos vereadores. A expectativa é de que a decisão seja publicada hoje. Ainda conforme Burgarelli, por precaução, os suplentes de Carlúcio e Hugo Thomé não serão convocados imediatamente para assumir as vagas. O objetivo, segundo o procurador, é evitar gastos para a Câmara. (Colaborou Leonardo Augusto)

Os envolvidos

Serão afastados, terão sigilo fiscal quebrado e bens bloqueados
Hugo César Rezende Thomé (PMN)
Carlos Lúcio Gonçalves (Carlúcio) (PR)

Terão sigilo fiscal quebrado
Geraldo Félix de Jesus (PMDB)
Maria Lúcia Scarpelli dos Santos (PCdoB)
Alberto Rodrigues Lima (PV)

Ex-vereadores que terão sigilo fiscal quebrado
Reinaldo Lima (PV)
Valdivino Pereira de Aquino (PTC)
Vinícius Dantas (PT)
Valdir Vieira, o Índio (PTN)
Sérgio Silva Balbino (PRP) (como suplente, está impedido de assumir mandato em caso de vacância)

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Jiu Jitsu de Bom Despacho sobe ao podium

Domingo (20/11) a Equipe Lotus Club/EPM/Bom Despacho levou três alunos ao podium: Felipe H. Prudente, faixa amarela, ficou em primeiro lugar na categoria peso pena. Rafael Augusto Lopes, faixa branca, foi o segundo colocado entre os pesos médios. Diego Invéns, também faixa branca, ficou em terceiro lugar entre os pesos pesados.

O destaque ficou por conta de Felipe Prudente que lutou contra todos os atletas da faixa amarela e obteve o primeiro lugar absoluto.

Essa Grande Final do Campeonato Mineiro aconteceu em Formiga-MG.

Os atletas bom-despachenses foram treinados pelo Prof. Gustavo Cardoso.

UE: Fabricantes de água mineral são proibidos de divulgar que seus produtos reidratam

Em fevereiro de 2011 a Autoridade Européia para a Segurança dos Alimentos (EFSA) declarou que a desidratação humana não pode ser combatida com o consumo de água mineral. O relatório foi assinado por 21 cientistas reunidos em Parma, na Itália.

Com base nesse relatório, o governo britânico baixará decreto proibindo os vendedores de água engarrafada de dizerem que seus produtos combatem a desidratação.

O lobby dos engarrafadores de água disseram que a decisão é estúpida. Entretanto, a Nutrition Society (Sociedade da Nutrição), que congrega os especialistas em nutrição da Europa, concordam: o consumo de água mineral engarrafada não resolve o problema da desidratação clínica.

Falou ao legislador europeu acrescentar: os produtos mais caros vendidos como reidratadores também têm eficácia duvidosa em caso de desidratação.
Na tarde de ontem (22/11) a Federação Mineira de Orientação (http://www.fmorienta.org.br) divulgou o calendário do Campeonato Mineiro de 2012.

Mínimo subirá para R$ 622,73

A partir de 1º de janeiro o salário mínimo passará para R$ 622,73. Esse é o novo valor proposto pelo Governo Federal em ofício que o Ministério do Planejamento enviou ao Congresso antes de ontem (21/11). Esse número significa um aumento de 14,26% no ano.

Perda dos servidores

Esse aumento de 14,26% evidencia ainda mais o prejuízo dos servidores municipais que não tiveram aumento em 2011. Nessas alturas, o prejuízo deles sobe a mais de 20%. Mesmo se o prefeito aplicar o velho golpe de dar aumento mais substancial no último ano de governo, ainda assim o prejuízo causado pelo tempo perdido será reposto. Isso porque o orçamento municipal não comportará, de uma só vez, o reajuste necessário para compensar as perdas.

Essa perda dos servidores será bem visível no fenômeno do achatamento. Ou seja, os servidores que têm níveis mais altos, passarão a receber como se tivessem níveis mais baixos. Na prática, servidores dos níveis I, II, III, IV e até além passam a receber o mesmo valor. É mais um desestímulo para a categoria.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Jornal de Negócios está na Internet

Desde domingo passado você pode ler o Jornal de Negócios na Internet. Para conhecê-lo agora mesmo, clique aqui. A versão da Internet traz a íntegra da versão impressa que você pode folhear da forma tradicional. Ou você poderá ir diretamente às suas colunas preferidas.

Para ir ao jornal impresso virtualizado, clique aqui (ou na imagem acima). Para ir à primeira página da versão eletrônica, clique aqui.

Quem manda nos vereadores é o prefeito. Alguém duvida?

Se alguém duvidava que o prefeito manda e desmanda na Câmara Municipal e nos vereadores, basta ver essa charge profética: na segunda-feira (20/11), a invasão da Câmara não foi apenas simbólica, mas real.

Haroldo Queiroz afronta a lei e os vereadores

Na manhã de segunda-feira (21/11) a cidade assistiu a mais um ato de vandalismo do prefeito Haroldo de Sousa Queiroz. Ele mandou que três máquinas da prefeitura invadissem os jardins da Câmara Municipal. Elas arrancaram árvores, quebraram o passeio e destruíram o gramado.

A Câmara tem a posse desse terreno. Por força de lei, o prefeito é proibido de interferir em imóveis ocupados pela Câmara Municipal (art. 18 da Lei Orgânica).

Portanto, o ato do prefeito, além de se constituir em vandalismo puro e simples, também se constitui numa afronta à lei e à separação dos poderes. É um ato de estupro institucional. Por isso, na reunião de ontem, pedi ao vereador Marcos Fidélis, presidente da Câmara, que tomasse as medidas legais cabíveis para impedir que o prefeito perpetre mais esse ato de violência contra a cidade e contra as instituições.


Termina em São João del Rei Campeonato Mineiro de Orientação

Encerrou-se na tarde de domingo passado (20/11) a quarta e última etapa do Campeonato Mineiro de Orientação.
Em Minas o esporte é organizado pela Federação Mineira de Orientação

A corrida de orientação é um dos poucos esportes que pode ser praticado por pessoas de todas as idades. Nos países onde esse esporte está mais desenvolvido, vemos praticantes com idades variando desde sete ou oito anos até os noventa ou mesmo cem anos.

Antes da Largada, o hasteamento das bandeiras
No Brasil somente na última década a corrida de orientação vem se disseminando entre os estudantes. O crescimento, porém, tem sido explosivo. Em Divinópolis, por exemplo, graças às fundação do CODIV (Clube de Orientação de Divinópolis) os praticantes assíduos saltaram de 2 ou 3 para mais de 100.
Atletas esperam sua hora de largar

Na etapa final do campeonato em São João Del Rei, Divinópolis tinha cerca de 70 representantes.

As crianças e a desigualdade na distribuição de alimentos

O experimento mostrado no vídeo deixa transparecer a solidariedade entre crianças. Essa solidariedade tende a diminuir com a idade ou com a experiência. Por quê? (o vídeo está em espanhol, mas sua compreensão dispensa as palavras).
Ver no tocador de vídeo de sua preferência

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

G1 divulga concursos que totalizam 42 mil vagas. Escolha o seu

Se você procura um concurso, pode ter chegado a sua vez. Veja esta lista divulgada pel G1:

Instituição/Órgão Prazo Vagas Salário máximo Escolaridade Local de trabalho Edital
Advocacia-Geral do Estado de Minas Gerais 13/12/11 50 R$ 4.255 nível superior em direito Minas Gerais veja edital
Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul 21/11/11 14 e cadastro R$ 4.789,14 nível médio e superior Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre veja edital
Brigada Militar do Rio Grande do Sul 28/11/11 600 dois salários mínimos regionais nível fundamental Rio Grande do Sul veja edital
Câmara de Vereadores de Guarulhos (SP) 09/12/11 109 R$ 6.679,89 todos os níveis Guarulhos (SP) veja edital
Câmara de Vereadores de Itaboraí (RJ) 21/11/11 49 R$ 3.800 nível médio e superior Itaboraí (RJ) veja edital
Câmara de Vereadores de Itu (SP) 25/11/11 11 R$ 3.200 todos os níveis Itu (SP) veja edital
Câmara de Vereadores de Jaú (SP) 07/12/11 7 R$ 2.018,45 nível fundamental e superior Jaú (SP) veja edital
Câmara de Vereadores de Porto Alegre (RS) 15/12/11 24 R$ 2.330,60 nível médio e superior Porto Alegre (RS) veja edital
Centrais Elétricas de Santa Catarina 21/11/11 37 R$ 4.972,99 nível superior Florianópolis, Itajaí, Blumenau, Rio do Sul, Joaçaba, Chapecó, São Miguel do Oeste e Criciúma veja edital
Companhia de Desenvolvimento de Passo Fundo (RS) 28/11/11 cadastro de reserva R$ 930,78 nível médio Passo Fundo (RS) veja edital
Companhia de Habitação do Paraná 24/11/11 96 e cadastro R$ 3.842,00 nível médio e superior Curitiba, Apucarana, Campo Mourão, Cascavel, Cornélio Procópio, Francisco Beltrão, Guarapuava, Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Paranavaí, Umuarama e União da Vitória veja edital
Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) do Rio de Janeiro 09/12/11 500 R$ 740,63 nível fundamental Rio de Janeiro veja edital
Conselho Regional de Administração de São Paulo 27/11/11 24 e cadastro R$ 3.601 nível médio e superior São Paulo, Santos, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Sorocaba e São José dos Campos veja edital
Conselho Regional de Educação Física da 2ª Região, no Rio Grande do Sul 19/12/11 19 e cadastro R$ 2.500 todos os níveis Rio Grande do Sul veja edital
Conselho Regional de Enfermagem de Rondônia 05/01/12 15 e cadastro R$ 3.800 todos os níveis Rondônia veja edital
Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 3ª Região (São Paulo) 25/11/11 28 e cadastro R$ 5 mil todos os níveis São Paulo, Campinas, São José dos Campos, São José do Rio Preto, Marília, Ribeirão Preto, Presidente Prudente e Santos veja edital
Conselho Regional de Medicina do Espírito Santo 29/11/11 10 e cadastro R$ 3.350 nível médio e superior Vitória, São Mateus e Linhares veja edital
Conselho Regional de Nutricionistas da 3ª Região (São Paulo e Mato Grosso do Sul) 29/11/11 11 e cadastro R$ 3.165,51 nível médio e superior São Paulo, Bauru (SP), Campinas (SP), Campo Grande (MS), Presidente Prudente (SP), Ribeirão Preto (SP), Santos (SP), São José do Rio Preto (SP), São José dos Campos (SP) e Sorocaba (SP) veja edital
Conselho Regional dos Representantes Comerciais de Goiás 25/11/11 7 e cadastro R$ 1.100 nível fundamental e médio Goiânia veja edital
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina 25/11/11 250 R$ 2.435,51 nível superior Santa Catarina veja edital
Departamento Estadual de Rodovias do Ceará 12/12/11 20 R$ 7.012,89 nível médio e superior Ceará veja edital
Fundação do ABC 29/11/11 3.139 R$ 12.709,91 todos os níveis São Bernardo do Campo (SP) veja edital
Governo de Minas Gerais 29/11/11 21.337 R$ 1.320 nível médio e superior Minas Gerais veja edital
Governo da Paraíba 11/12/11 1.040 R$ 1.111,40 nível superior Paraíba veja edital
Informática de Municípios Associados 27/11/11 cadastro de reserva R$ 2.581,45 todos os níveis Campinas (SP) veja edital
Itaipu Binacional 21/11/11 50 R$ 1.483,37 nível médio Foz do Iguaçui (PR) veja edital
Ministério Público de Alagoas 25/11/11 50 R$ 3 mil nível médio e superior Alagoas veja edital
Polícia Civil do Distrito Federal 19/12/11 58 R$ 13.368,68 nível superior Distrito Federal veja edital
Polícia Militar do Espírito Santo 21/11/11 650 R$ 2.421,76 nível médio Espírito Santo veja edital
Polícia Militar de Minas Gerais (1) 29/11/11 308 R$ 1.320 nível médio e superior Minas Gerais veja edital
Polícia Militar de Minas Gerais (2) 27/11/11 60 R$ 5.991,49 nível superior em direito Minas Gerais veja edital
Polícia Militar de Santa Catarina 06/12/11 684 R$ 765 nível médio Santa Catarina veja edital
Prefeitura de Água Fria (BA) 25/11/11 160 R$ 5.500 todos os níveis Água Fria (BA) veja edital
Prefeitura de Almas (TO) 21/12/11 176 R$ 2.650 todos os níveis Almas (TO) veja edital
Prefeitura de Álvares Florence (SP) 21/11/11 69 e cadastro R$ 13.500 todos os níveis Álvares Florence (SP) veja edital
Prefeitura de Amaturá (AM) 02/12/11 51 R$ 11.115,93 todos os níveis Amaturá (AM) veja edital
Prefeitura de Americana (SP) 23/11/11 39 R$ 7.238,68 todos os níveis Americana (SP) veja edital
Prefeitura de Anápolis (GO) 04/12/11 290 R$ 1.936,21 todos os níveis Anápolis (GO) veja edital
Prefeitura de Anaurilândia (MS) 02/12/11 46 R$ 5.679,18 todos os níveis Anaurilândia (MS) veja edital
Prefeitura de Araçatuba (SP) 24/11/11 551 R$ 620 nível fundamental Araçatuba (SP) veja edital
Prefeitura de Arapiraca (AL) 24/11/11 421 R$ 2.079 nível médio/técnico e superior Arapiraca (AL) veja edital
Prefeitura de Arapongas (PR) 24/11/11 217 R$ 6.384,60 todos os níveis Arapongas (PR) veja edital
Prefeitura de Augustinópolis (TO) 25/11/11 179 R$ 8.000 todos os níveis Augustinópolis (TO) veja edital
Prefeitura de Auriflama (SP) 24/11/11 32 R$ 6.168,73 todos os níveis Auriflama (SP) veja edital
Prefeitura de Balsas (MA) 04/12/11 560 R$ 1.102,01 todos os níveis Balsas (MA) veja edital
Prefeitura de Balsa Nova (PR) 30/11/11 289 R$ 2.685 todos os níveis Balsa Nova (PR) veja edital
Prefeitura de Barra do Garças (MT) 06/12/11 744 R$ 3.800,00 todos os níveis Barra do Garças (MT) veja edital
Prefeitura de Biritinga (BA) 25/11/11 257 R$ 1.348,03 todos os níveis Biritinga (BA) veja edital
Prefeitura de Botelhos (MG) 30/11/11 165 R$ 9.076,32 todos os níveis Botelhos (MG) veja edital
Prefeitura de Bugre (MG) 30/11/11 84 R$ 2.076,31 todos os níveis Bugre (MG) veja edital
Prefeitura de Campestre do Maranhão (MA) 21/11/11 200 R$ 1.980 todos os níveis Campestre do Maranhão (MA) veja edital
Prefeitura de Capelinha (MG) 11/12/11 218 R$ 8.000 todos os níveis Capelinha (MG) veja edital
Prefeitura de Caraguatatuba (SP) 27/11/11 497 R$ 1.714,89 todos os níveis Caraguatatuba (SP) veja edital
Prefeitura de Carangola (MG) 15/12/11 249 R$ 4.800,00 todos os níveis Carangola (MG) veja edital
Prefeitura de Charqueadas (RS) 24/11/11 404 R$ 3.043,26 todos os níveis Charqueadas (RS) veja edital
Prefeitura de Casa Grande (MG) 24/11/11 40 R$ 6.210,10 todos os níveis Casa Grande (MG) veja edital
Prefeitura de Congonhas (MG) 25/11/11 120 R$ 2.149,40 nível médio/técnico e superior Congonhas (MG) veja edital
Prefeitura de Couto de Magalhães de Minas (MG) 15/12/11 46 R$ 5.200 todos os níveis Couto de Magalhães de Minas (MG) veja edital
Prefeitura de Davinópolis (GO) 25/11/11 232 R$ 3.815 todos os níveis Davinópolis (GO) veja edital
Prefeitura de Fátima do Sul (MS) 06/12/11 335 R$ 9 mil todos os níveis Fátima do Sul (MS) veja edital
Prefeitura de Foz do Iguaçu (PR) 21/11/11 96 R$ 9.779,51 todos os níveis Foz do Iguaçu (PR) veja edital
Prefeitura de Goianira (GO) 27/11/11 1.315 R$ 1.768 todos os níveis Goianira (GO) veja edital
Prefeitura de Guaramirim (SC) 07/12/11 240 R$ 3.743,64 todos os níveis Guaramirim (SC) veja edital
Prefeitura de Guaranésia (MG) 01/12/11 78 R$ 1.700 todos os níveis Guaranésia (MG) veja edital
Prefeitura de Ipaba (MG) 27/11/11 88 R$ 5.400 todos os níveis Ipaba (MG) veja edital
Prefeitura de Itaboraí (RJ) 30/11/11 384 e cadastro R$ 2.500,00 todos os níveis Itaboraí (RJ) veja edital
Prefeitura de Itapoá (SC) 22/11/11 92 e cadastro R$ 5.352,91 todos os níveis Itapoá (SC) veja edital
Prefeitura de Itaúna (MG) 08/01/12 137 R$ 2.092,84 todos os níveis Itaúna (MG) veja edital
Prefeitura de Jaborandi (BA) 30/11/11 144 e cadastro R$ 8 mil todos os níveis Jaborandi (BA) veja edital
Prefeitura de Joanópolis (SP) 25/11/11 43 R$ 2.985,94 todos os níveis Joanópolis (SP) veja edital
Prefeitura de Madalena (CE) 30/11/11 211 R$ 2.500 todos os níveis Madalena (CE) veja edital
Prefeitura de Nazária (PI) 24/11/11 150 R$ 2.200 todos os níveis Nazária (PI) veja edital
Prefeitura de Nova Mutum (MT) 22/11/11 235 R$ 8.641,12 todos os níveis Nova Mutum (MT) veja edital
Prefeitura de Patos (PB) 24/11/11 554 R$ 3,2 mil todos os níveis Patos (PB) veja edital
Prefeitura de Piripiri (PI) 02/12/11 666 R$ 4.937,75 todos os níveis Piripiri (PI) veja edital
Prefeitura de Porto Velho 21/12/11 1.057 R$ 5.983,92 todos os níveis Porto Velho veja edital
Prefeitura de Praia Grande (SP) 28/11/11 112 R$ 1.498,38 nível médio Praia Grande (SP) veja edital
Prefeitura de Presidente Olegário (MG) 30/11/11 167 R$ 8.935,11 todos os níveis Presidente Olegário (MG) veja edital
Prefeitura de Rio Quente (GO) 02/12/11 85 R$ 1.707,75 todos os níveis Rio Quente (GO) veja edital
Prefeitura de Salinas da Margarida (BA) 30/11/11 128 R$ 9.200 todos os níveis Salinas da Margarida (BA) veja edital
Prefeitura de Santo André (PB) 13/01/12 144 R$ 9 mil todos os níveis Santo André (PB) veja edital
Prefeitura de Santo André (SP) 11/12/11 1.142 R$ 5.316,08 todos os níveis Santo André (SP) veja edital
Prefeitura de São Bernardo do Campo (SP) 29/11/11 600 R$ 1.484,65 nível médio São Bernardo do Campo (SP) veja edital
Prefeitura de Sebastião Barros (PI) 12/12/11 59 R$ 8.000 todos os níveis Sebastião Barros (PI) veja edital
Prefeitura de Sorocaba (SP) 21/12/11 60 R$ 1.958,92 nível fundamental Sorocaba (SP) veja edital
Prefeitura de Tabaporã (MT) 09/12/11 81 R$ 3.100 todos os níveis Tabaporã (MT) veja edital
Prefeitura de Tambaú (SP) 27/11/11 26 R$ 2.824,90 todos os níveis Tambaú (SP) veja edital
Prefeitura de Taubaté (SP) 22/11/11 118 R$ 2.569,36 todos os níveis Taubaté (SP) veja edital
Prefeitura de Ubá (MG) 30/11/11 202 R$ 2.147,78 todos os níveis Ubá (MG) veja edital
Prefeitura de Valença (RJ) 21/11/11 387 R$ 3.256,60 todos os níveis Valença (RJ) veja edital
Prefeitura de Viamão (RS) 15/12/11 109 e cadastro R$ 1.687,00 nível médio, técnico e superior Viamão (RS) veja edital
Procuradoria Geral do Estado de São Paulo 09/12/11 250 R$ 710 nível médio São Paulo e Brasília veja edital
Procuradoria Geral da República 22/11/11 126 R$ 22 mil nível superior em direito todo o país veja edital
Sabesp 04/12/11 389 R$ 4.632,50 todos os níveis São Paulo veja edital
Secretaria da Administração Penitenciária do estado de São Paulo 07/12/11 1 mil R$ 1.679,78 nível médio São Paulo veja edital
Secretaria de Estado da Justiça do Espírito Santo 22/11/11 138 e cadastro R$ 2.063,83 nível médio Espírito Santo veja edital
Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão 24/11/11 37 R$ 2.050 nível médio e superior Maranhão veja edital
Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão do Rio de Janeiro 27/11/11 50 R$ 5.082 nível superior Rio de Janeiro veja edital
Serviço Autônomo de Água e Esgotos de Indaiatuba (SP) 28/11/11 100 R$ 2.523,57 todos os níveis Indaiatuba (SP) veja edital
Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Juazeiro (BA) 19/12/11 33 R$ 2.550 todos os níveis Juazeiro (BA) veja edital
Serviço Municipal de Água e Esgoto de Ouro Preto (MG) 01/12/11 64 R$ 1.074,29 nível fundamental e médio Ouro Preto (MG) veja edital
Tribunal de Contas do Estado do Amapá 16/12/11 40 R$ 4.462,16 nível médio e superior Amapá veja edital
Tribunal de Contas do Estado do Pará 15/12/11 4 R$ 21.705,86 nível superior Pará veja edital
Tribunal de Contas do Estado do Paraná 30/11/11 29 R$ 8.718,24 nível superior Paraná veja edital
Tribunal de Justiça do Estado do Pará 16/12/11 42 R$ 15.823,56 nível superior em direito Pará veja edital
Tribunal Regional Eleitoral do Ceará 09/12/11 45 R$ 6.611,39 nível médio e superior Ceará veja edital
Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (Amazonas e Roraima) 25/11/11 64 e cadastro R$ 8.140,08 nível médio e superior Amazonas e Roraima veja edital

b56a63c5-6e12-4ad3-81ef-13956069e781