terça-feira, 6 de setembro de 2011

Promotor de Bom Despacho integra Grupo Especial de Defesa do Patrimônio Público

Desde ontem (5/9) o Promotor de Justiça Luciano Moreira de Oliveira passou a atuar no GEPP, em Belo Horizonte.

GEPP é o Grupo Especial de Promotores de justiça de Defesa do Patrimônio Público do Estado de Minas Gerais cujo objetivo – como o nome indica – é defender o patrimônio público. Formado pelo mínimo de três promotores de justiça, o grupo faz parte do CAOPP (Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça do Patrimônio Público). Seus membros são designados pelo Procurador-Geral de Justiça de Minas Gerais.

O convite recebido pelo Promotor Luciano Moreiro é o reconhecimento pelo seu trabalho em defesa do patrimônio público de Bom Despacho. Aliás, não só de Bom Despacho, mas também de outros municípios, já que o Promotor, mesmo sem ser efetivo, já vinha colaborando com o GEPP em  diversas investigações envolvendo prefeitos. Entre eles o de Moema e também o de Bom Despacho.

A atuação do Promotor Luciano em Bom Despacho será fortalecida
Mesmo como integrante do GEPP, o Promotor Luciano continuará lotado em Bom Despacho. Para compensar o tempo maior que dedicará a outros municípios, passará a contar com o apoio de outro Promotor para auxiliá-lo em seus trabalhos na 1ª Promotoria de Bom Despacho.

Dessa forma, a atuação do MP em Bom Despacho fica fortalecida. Em especial, devem ganhar ímpeto as diversas ações de improbidade administrativa que o MP promove contra o prefeito Haroldo de Sousa Queiroz, a maioria dos seus secretários e todos os seus familiares próximos, principalmente mulher e filhas.

2 comentários:

Anônimo disse...

Senhor Vereador,

Qdo soube da transferência do promotor fiquei muito decepcionado, pq acho que se ele começou uma briga ele teria que ir até o fim. Deveria ter esperado pelo menos a posição da justiça na medida de afastamento do prefeito. Tem gente me gozando dizendo que ele pulou fora porque viu que o estardalhaço não ia dar em nada. Decepção total. Outra hípótese é que ele foi para o corredor do ministério público em bh. Dizem que fez bobagem demais neste processo contra a prefeitura.

Anônimo disse...

Sempre ouvimos muita bobagem quando sai da cidade um prefeito ou um juiz. Sempre aparece um trambiqueiro (geralmente político vagabundo) para dizer que mandou afastar o promotor ou o juiz. Isso não existe. Juízes e promotores são inamovíveis. Só mudam de Comarca se quiserem.
Quanto à "briga" ela é missão do Ministério Público, e não de um Promotor em particular. Além do mais, o Dr. Luciano continuará nesse processo contra o prefeito ladrão. Tanto que já marcou um despacho com o juiz substituto. Ele não saiu de Bom Despacho. Continua lotado aqui.
Agora, essa besteira de dizer que "fez bobagem demais neste processo", isso aí tem cara de coisa falada pelo Acir Parreiras, o maior puxa-saco do Bode. A "bobagem" que ele fez foi mostrar que o Bode movimentou 1 milhão na conta dele. Mas o salário dele só explica 90 mil. Outra "bobagem" que ele fez, foi encontrar documentos que mostram que o Acir Parreiras e o Bode fizeram negociatas.
Está na hora do bom-despachense parar de ouvir boatos espalhados pelo Bode, Acir Parreiras e sua corja.

b56a63c5-6e12-4ad3-81ef-13956069e781