quinta-feira, 16 de maio de 2013

Prefeitura requer medida judicial para retirar moradora de rua em situação de risco


A Secretaria de Desenvolvimento Social encaminhou pedido ao Ministério Público pedindo a interdição da moradora de rua Z.P.S., de 67 anos. O objetivo da medida é garantir que ela “receba tratamento adequado e saia da situação de risco social”.

Z.P.S. é uma das moradoras de rua atendidas pelo Programa Bom Samaritano. Encaminhada para outra cidade no início do ano, ela retornou para as ruas de Bom Despacho. Atualmente vive nas imediações da Rodoviária.

Secretária Rosimaire: moradora de rua está em situação de risco

Desde então equipes da Prefeitura fizeram diversas tentativas para retirá-la das ruas. Sempre que é abordada pelas assistentes sociais da Secretaria de Desenvolvimento Social, Z.P.S. fica agressiva e recusa qualquer ajuda. “É uma situação constrangedora, pois ela vive num ambiente de promiscuidade e sujeira, bebe muito, tem sinais de transtorno mental e está em situação de risco, mas não aceita sair da rua”, ressalta a secretária Rosimaire Santos.

No pedido encaminhado ao Ministério Público, a secretária Rosimaire Santos sugere a interdição judicial de Z.P.S. e sua internação compulsória no Asilo São José.

Nenhum comentário:

b56a63c5-6e12-4ad3-81ef-13956069e781