segunda-feira, 25 de julho de 2011

Novas provas da roubalheira na Avenida Dr. Roberto

Existe um caminhão de provas do desvio do dinheiro que o prefeito Haroldo Queiroz perpetrou na canalização do Córrego das Palmeiras (Avenida Dr. Roberto). Documentos reexaminados recentemente confirmam (mais uma vez): os preços foram superfaturados. Não apenas superfaturados: foram exageradamente superfaturados.

O tamanho da roubalheira pode ser comprovado no quadro abaixo.A coluna da direita foi tirada da proposta da empreiteira Valadares Gontijo. O restante do documento (à esquerda), é da planilha aprovada pela CODEVASF. Verifica-se que nos "serviços preliminares"  a diferença foi de R$ 147.704,04. Isso significa um superfaturamento de 955,28%.

Já no item "movimento de terra", a diferença foi de R$ 149.310,50. Isso significa um superfaturamento de 86.79%.

Foi assim, superfaturando e diminuindo ou deixando de executar serviços que a empreiteira e o prefeito desviaram mais de R$ 5 milhões (em dinheiro de hoje). (Clique na imagem abaixo para ler melhor)

O desvio de vários milhões na compra de veículos e na canalização da Avenida Dr. Roberto já está mais do que provada. A busca e apreensão que o Ministério Público efetuou na casa do prefeito, na casa do ASCONE Acir Parreiras e na prefeitura foi para confirmar onde está o dinheiro e quem são os laranjas que o escondem.

Nenhum comentário:

b56a63c5-6e12-4ad3-81ef-13956069e781