terça-feira, 26 de julho de 2011

Haroldo Queiroz paga placa superfaturada em 14 vezes o valor real

O quadro mostra que Haroldo Queiroz superfaturou a placa da obra em 13,95 vezes (1.294,58%). Ou seja, em vez de pagar o valor real de R$ 2.300,04 que havia sido orçado, pagou R$ 32.076,00. Para o bolso de quem foi a diferença?

Na locação da obra ele pagou R$ 127.550,00 a mais. Ou seja, deveria pagar R$ 14.000,00 mas pagou R$ 141.550,00. Um prejuízo de 911,07% ou 10,11 vezes a mais o valor devido. Para o bolso de quem foi a diferença?

Serviço Preço
real
Preço
pago
Prejuízo em
R$
Prejuízo
percentual
Vezes a
mais
Placa da obra        2.300,04             32.076,00      29.775,96 1294,58% 13,95
Locação da obra      14.000,00           141.550,00    127.550,00 911,07% 10,11
Barracão da obra        3.300,00             33.210,00      29.910,00 906,36% 10,06
Escavação mecanizada      21.546,00             83.106,00      61.560,00 285,71% 3,86
Limpeza de entulho        8.575,00             32.110,00      23.535,00 274,46% 3,74
Reaterro manual      37.800,00             97.128,00      59.328,00 156,95% 2,57
Escavação de solo mole   104.125,00           109.012,50        4.887,50 4,69% 1,05
Totais   191.646,04           528.192,50    336.546,46 175,61% 2,76

Depois dessa roubalheira toda, Haroldo Queiroz tem a desfaçatez de dizer numa entrevista que não tem dinheiro nenhum, que está devendo até a conta de luz.

Vamos deixar bem claro: está perfeitamente documentado e provado que o prefeito Haroldo de Sousa Queiroz desviou vários milhões na canalização do Córrego das Palmeiras (Avenida Dr. Roberto). Segundo documento OFICIAL da CODEVASF, o desvio foi de R$ 1.330.975,32 em dinheiro de 2007 (isso é, não corrigido). Atualmente esse valor chega a cerca de R$ 3 milhões.

Entretanto – é bom ressaltar – a CODEVASF identificou apenas o prejuízo contábil. Ou seja, o superfaturamento identificado nas planilhas. Não levou em conta as obras e serviços não realizados. Por exemplo, o plantio das árvores, o passeio e a colocação de ladrilhos. Só aí o prejuízo sobe em cerca de R$ 500 mil. Isso, em dinheiro da época. Hoje esse valor representa mais de R$ 1 milhão.

Os dados acima foram tirados das planilhas OFICIAIS reproduzidas abaixo (clique nas planilhas para vê-las em ponto maior)

4 comentários:

OBSERVADOR disse...

Normal quem rouba dizer que não roubou.
Difícil é ter de engolir esses vereadores da base, que diante de tanta prova, fecham os olhos.
Espero muito que o povo de
Bom Despacho dê a eles a resposta das urnas na próxima eleição.

CIDADÃO INDIGNADO disse...

E aí, srs vereadores da base?
Continuarão dizendo que não há prova?

Gabriel disse...

O BRASIL ESTA VIROU O PAÍS DA SAFADEZA, A CARGA ESTÁ FICANDO PESADA PARA AS PESSOAS HONESTAS.
NÃO DAMOS CONTA DE PAGAR TANTOS IMPOSTOS PARA MANTER TAMANHA CORRUPÇÃO.

Aline Cardoso disse...

Eiiita coisa boa, heim? Bom Despacho precisa de mudanças urgentes....ja viram cmo a cidade ta suja?!?!?!
Gosto muito do seu blog Fernando Cabral!!! Abç....

b56a63c5-6e12-4ad3-81ef-13956069e781