domingo, 11 de março de 2012

“Inadimplência com IPVA em Nova Serrana é falta de policiamento”, diz chefe da AF

“Inadimplência com IPVA em Nova Serrana é falta de policiamento”, diz chefe da AF
Cláudio Resende - Chefe da AF em Nova Serrana
* Valter Junior
valter@opopularns.com.br
Siga em: twitter.com/opopularns
A omissão em relação ao IPVA em Nova Serrana vem aumentando ano a ano. Dados da Administração Fazendária mostram que a inadimplência cresceu 15% entre 2011 e 2012. No mês de março do último ano, 41,9% da frota ainda estavam irregulares com o tributo. Esse ano já são 56% nessa situação. Para o chefe da AF de Nova Serrana a falta de blitz é a culpa pelo alto índice de omissão.
Dos 28.394 veículos que compõem a frota passível de tributos em Nova Serrana, 7.872 já quitaram suas dívidas em cota única e 4.685 já pagaram as duas primeiras parcelas, um total de 12.557. Entretanto os veículos em situação regular representam apenas 44% da frota, ou seja, 56% ainda não estão em dia com o Estado. "É um número baixíssimo", afirmou o Chefe da AF em Nova Serrana Claudio Resende. Em termos de valores o número é menos alarmante. Dos 10,3 milhões lançados pela Secretaria de Estado de Fazenda já foram recolhidos 5,4 milhões, 53%.
Nova Serrana é a pior entre as 69 cidades da região centro-oeste em arrecadação do IPVA. A média de recolhimento da região é de 64% até o momento. A capital Nacional do Calçado Esportivo está a quase 10 pontos percentuais da média do Estado que é de 61%. Para Claudio o índice de inadimplência que é alto e crescente a cada ano na cidade é devido a falta de policiamento nas ruas. "a gente sabe que a criminalidade é prioridade para a Polícia Militar, mas vai em Bom Despacho e Belho Horizonte , por exemplo, e vê a polícia constantemente nas ruas fazendo blitz, aqui a gente quase não vê", afirmou.
A AF autuou 50 proprietários em 2011, mas segundo Claudio a prática de autuação é inviável na cidade devido ao grande número de proprietários irregulares com o tributo. "A AF tem feito o que pode, temos escolhido os casos mais graves de inadimplência para autuar.
Por exemplo, entre autuar o proprietário de uma Hilux e 10 motos, a gente autua o dono da Hilux, já que o valor nesse caso é maior", justifica Claudio. Após a autuação o proprietário do veículo tem 30 dias para regularizar a situação e a multa passa de 20% para 50% do valor. O chefe da AF contou que há muitos proprietários que tentam burlar a fiscalização. "Tem algumas pessoas que pagam a terceira parcela e na hora da blitz afirma que está regular, mas o documento ainda não chegou". 
 

2 comentários:

Anônimo disse...

Permita-me discordar um pouco deste senhor, que cita que a inadimplência de IPVA em Nova Serrana é por falta de policiamento:

1. Não é função da PM cobrar impostos da população;

2. Existe um programa de Educação Fiscal dentro da AF que é muito bem executado na cidade de Pará de Minas, que educa a população, conscientizando-a a quitar suas dívidas fiscais. A AF vai pra rua junto com a PM e faz a sua parte;

3. O chefe da AF de Nova Serrana, sentado em berço esplêndido, acha que outra organização vai fazer o trabalho dele....

4. Essa inadimplência citada por ele para esse ano não pode ainda ser cobrada pela PM, pois o porte de documentos fiscais, como comprovantes de pagamento de IPVA, DPVAT e Taxa de licenciamento não são mais obrigatórios.

5. É fácil resolver o problema em Nova Serrana, basta apenas trabalhar com a educação fiscal e não apenas multar....é fácil, senhor chefe da AF de Nova Serrana, vá a Pará de Minas e faça um estágio com sua colega de lá...

Anônimo disse...

que isso companheiros, o que tem haver nova serrana conosco aqui? já basta o banho que esta cidade está dando em bom despacho. já basta ver como esta cidade está duzentos e noventa e seis anos na nossa frente.
não vamos deixar de focar em nossos
problemas aqui não. bom despacho tem
uns 20 anos que está atrasada. sempre sentados em (" ---berço esplêndido--- ")
(fazem as contas para verem)
vinte anos que os politicos daqui estão mamando nas tetas desta vaca que se chama o glorioso e intocavel
poder executivo da cidade.

b56a63c5-6e12-4ad3-81ef-13956069e781