sexta-feira, 16 de março de 2012

Conheça a Marathon Des Sables

Cornélio Castro, colaborador 

2000
A Maratona das Areias (Marathon des Sables) é considerada a corrida mais difícil do mundo. Trata-se de uma ultra-maratona de 7 dias em 6 etapas que percorre cerca de 250 quilômetros no Deserto do Saara, nas proximidades de Ouarzazate, no Marrocos.

Entre os dias 6 e 16 de abril acontecerá a 27ª edição da corrida que vem se repetindo desde 1986.

Essa ultra-maratona é considerada a mais difícil do mundo por três motivos principais. O primeiro é a própria distância. O atleta faz o equivalente a seis maratonas em sete dias, uma após outra.

Fernando Cabral na largada
15ª edição (2000)
O segundo motivo é  o clima inclemente: durante o dia, a temperatura chega a 55 C, mas à noite, cai para 2 C ou 3 C. As tempestades de areias acontecem com frequência. Não há sombra para amenizar o sol direto. A umidade relativa do ar é próxima de zero.

O terceiro motivo é o próprio terreno. Não apenas pela areia fofa e pelas pedras, mas principalmente pelas dunas e dunetes.

As dunas chegam a ter dezenas metros de altura. Algumas formam paredões quase verticais que precisam ser escalados com pés, mãos e barriga. As dunetes, ao contrário, são baixas. Cerca de um ou dois metros de altura. Mas, em compensação, se sucedem em curtos intervalos de dois ou três metros e se estendem por dezenas de quilômetros.O atleta sobe e desce sem parar, vencendo duas ou três por minuto.

Fernando Cabral (de amarelo) acorda no frio do amanhecer (ao fundo, à
direita, um atleta prepara seu café da manhã
Atletas sobem duna que mais lembra uma montanha

Em certos trechos, a areia está coberta por cascalho. Seguir uma batida de
caminhão é um alívio para os pés do corrredor

Embora sempre a mesma, a paisagem do deserto nunca se repete. É o paradoxo
que surpreende e encanta tantos quanto se aventuram pelas areias

Fernando Cabral é o único atleta brasileiro que participou e completou essa maratona por duas vezes. Este ano, completará pela terceira vez. Como gosta de dizer: "é para comemorar meus 61 anos, que farei em julho próximo."

Após conhecer as dificuldades da corrida, os próprios atletas costumam dizer que correr a Marathon des Sables uma vez é produto da curiosidade e da inexperiência. Correr duas vezes já é sinal claro de insanidade.

Para conhecer mais sobre a Marathon des Sables, clique aqui.

 Clique aqui para ver o álbum de fotografias.
Clique para ver o álbum
Marathon des Sables (2000)

Nenhum comentário:

b56a63c5-6e12-4ad3-81ef-13956069e781