segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Dicas para o concurso da prefeitura

No primeiro semestre de 2013 a prefeitura realizará concurso para diversas áreas. Por exemplo, magistério e fiscalização. As matérias específicas somente serão definidas em janeiro ou fevereiro próximos. Algumas, porém, cairão para todos os cargos, ainda que com nível de dificuldade diferente. Entre essas, estão:

• Direito Constitucional – Principalmente artigos 1º a 11 e 37 a 41 da Constituição da República
• Português – Ênfase em redação oficial e interpretação de texto  (para redação oficial recomenda-se a leitura do Manual de Redação da Presidência da República
• Leis municipais – Lei Orgânica, Estatuto do Servidor, Lei do Processo Administrativo, Estatuto do Magistério
• Direito Administrativo – Autor recomendado: José dos Santos Carvalho Filho
• Carteira de motorista AB – Para alguns cargos, como agente de trânsito e fiscais
• Informática  – editor de texto, planilha eletrônico, correio eletrônico, pesquisa na Internet (tribunais, sítios do Governo de Minas e do Governo Federal). Para editor de texto e planilha, a ênfase será em produtos abertos, especialmente o Apache Open Office
• Datilografia (digitação) – Poderá ser somente classificatória para alguns cargos (advocacia, fiscalização) ou classificatória e eliminatória para outros (cargos administrativos).

Cronograma previsto:

• Edital: final de fevereiro/2013
• Provas: maio/2013
• Publicação dos resultados: junho/2013
• Homologação e nomeação: julho/2013
• Posse: julho-agosto/2013

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá Fernando,

O Sr. disse que haverá concurso somente para os cargos de níveis superior, gostaríamos de saber se para os cargos de Aux. de Ser. Gerais, Aux. de Ser. Escolar, etc. haverá novo processo seletivo para contratar, ou o pessoal que já estava trabalhando sera mantido sem novo processo seletivo.

Apesar, destes cargos serem alguns de serviços braçais, penso que deveria de realizar novo Processo Seletivo, pois os processos seletivos que foram realizados pelo Haroldo Queiroz foram todos irregulares e fraudados... Entraram mais somente aqueles que eram do interesse dele.

É uma irregularidade a meu ver; manter pessoas contratadas na prefeitura sem um processo legal (processo seletivo). Isto, na minha opinião, não deve ser tolerado no seu governo. Pois a prefeitura tem que deixar de ser conversa de compadre e comadre...



Fernando Cabral disse...

Nós vamos acabar com os processos seletivos na forma como são feitos hoje. São ilegais. Vamos dar provimento aos cargos permanentes por concurso.

Entretanto, temos uma fase de transição. No dia 1º de janeiro a prefeitura deve continuar funcionando. Não podemos paralisar a coleta de lixo, fechar a secretária de saúde ou parar o combate à dengue.


Mesmo processo seletivo simplificado exige alguns meses para ser aplicado.

Por isso, alguns contratos serão refeitos em caráter de urgência. Se possível, aproveitando os PSS anteriores. Se não for possível, contratando diretamente.

Insisto: uma vez passada a fase verdadeiramente emergencial do início do ano, não temos intenção de contratar ninguém, nem para serviços gerais nem para qualquer outro.

Nossa intenção é sempre prover os cargos necessários por concurso.

b56a63c5-6e12-4ad3-81ef-13956069e781