segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Único brasileiro a corrrer a Marathon des Sables por duas vezes volta para correr a terceira

Fernando Cabral/2002
Corri a Marathon des Sables, no Marrocos, em 2000 e 2002. Em 2012, para comemorar seus 60 anos, voltarei ao Marrocos pela terceira vez.

A Maratona das Areias (Marathon des Sables) é considerada a corrida mais difícil do Planeta. Não se trata de uma maratona, que tem apenas 42,2 km. Com cerca de 260 quilômetros, a Marathon des Sabels é ultramaratona, corrida em seis dias. Portanto, o equivalente a uma maratona por dia.

Entretanto, a maior dificuldade não é correr 6 maratonas em seis dias. A maior dificuldade vem das condições inóspitas. As temperaturas vão de 4 a 5 graus de madrugada, até 45, 50 ou mais entre o meio-dia e o anoitecer. O terreno é variado, mas predomina areia solta e dunas que variam de 1 ou 2 metros (dunettes) até 50 ou 60 metros de altura.

Comida e água para o dia
Além disso, o atleta tem que levar consigo toda a comida, roupa, abrigo e equipamento de socorro de que necessitará nos seis dias. Tem também que levar água suficiente para cada trecho (a água é reposta a intervalos de 15 a 30 quilômetros).

Durante a corrida, e possível encontrar um ou outro acampamento de povos bérberes. Na maior parte do tempo, porém, os companheiros de viagem são as cobras e os escorpiões que sobrevivem no deserto.

Em abril de 2012 voltarei ao deserto levando o nome do Brasil e de Bom Despacho. Com 6 décadas de idade ainda se pode correr 6 maratonas em 6 dias.
Mais de 600 corrredores na largada, centenas ficam pelo caminho, vencidos pelo calor, pelas tempestades de areia, pelo frio da madrugada, pelo cansaço.
Clique aqui para ver um filme sobre a Marathon des Sables

Um comentário:

ricardo disse...

Caro Fernando

Achei que a única corrida que participaria em 2012 seria a eleitoral que sem dúvida exigirá grandes esforços.

Ricardo Alvarenga

b56a63c5-6e12-4ad3-81ef-13956069e781