sábado, 22 de fevereiro de 2014

Estado libera funcionamento do Nefrobom

Neufrobom
Prefeito Fernando Cabral; Diretor do Nefrobom, Márcio Jardim; deputado Arantes
Falta pouco para os doentes renais terem atendimento em Bom Despacho
                                                               
Falta pouco para os doentes renais de Bom Despacho serem atendidos no próprio município. Os documentos estaduais, necessários para o funcionamento do Centro de Hemodiálise de Bom Despacho (Nefrobom), estão liberados. O próximo passo obter a habilitação no Ministério da Saúde.

“O deputado estadual, Antônio Carlos Arantes, fez seu papel e continua nos auxiliando, para garantir a abertura do Nefrobom. Agora, temos o apoio do deputado federal, Reginaldo Lopes, para agilizar a habilitação do Ministério da Saúde”, explica o Prefeito, Fernando Cabral, ao destacar o apoio dos deputados no processo.
Hoje, o Nefrobom tem gastos de R$ 100 mil por mês, mesmo fechado. “Além dos gastos, o paciente sofre muito viajando três vezes por semana para fazer hemodiálise. Com o empenho da Prefeitura e de toda a sociedade, em abrir o centro, em breve esses pacientes serão atendidos na cidade e sem custo”, afirma o diretor do Nefrobom, Márcio Jardim.

Nenhum comentário:

b56a63c5-6e12-4ad3-81ef-13956069e781