sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Pronunciamento do Prefeito Fernando Cabral em missa na Igreja da Matriz

Cresci frequentando essa igreja. Dela me recordo por memória própria, e dela me recordo por memória atávica.

Própria, porque aqui tantas vezes rezei, e porque aqui, tantas vezes, ajudei na celebração da santa missa que tinham por celebrantes vultos históricos como Padre Ivo, Padre Antenor, Padre Henrique, Padre João.

Mas tenho também memória atávica, porque herdei a memória não só dos meus pais e tios, mas também dos meus avós – especialmente meu avô Oscar – que tinha um carinho muito especial por essa igreja.

Por décadas – e enquanto teve forças – ele zelou por esse patrimônio da fé de Bom Despacho.

Foi dele, em grande parte, que herdei o sentimento de que devemos zelar pelo bem comum com tanta ou mais energia do que aquela que despendemos para zelar dos nossos próprios bens.

Meu Avô Oscar tinha esse desprendimento ilimitado em prol do próximo.

O desprendimento dele é meu farol e meu exemplo para a missão que hoje assumirei perante os bom-despachenses. Assim como ele defendeu os interesses e representou as ovelhas desta grei, assim defenderei os interesses do cidadão de Bom Despacho.

Mas, em vista da enormidade da missão, convém lembrar dessas palavras que Mateus nos legou.

Mateus nos relata que certo dia Jesus expulsou os demônios de um mudo que voltou a falar; fez um paralítico andar; fez um cego enxergar; fez uma jovem morta se levantar.

Depois de operar tantos e tais milagres, viu que as multidões andavam desgarradas e se compadeceu delas, porque não tinham um líder.

Disse então Jesus a seus discípulos: "Na verdade, a seara é grande, mas os trabalhadores são poucos. Rogai, pois, ao senhor da seara que mande mais trabalhadores."

Em sua prédica, Padre Antônio lembrou que, na defesa do bem comum, toda a cidade é chamada a servir. Assim é. E nós sabemos que essa igreja [da Matriz] é resultado de um trabalho coletivo. É resultado da união do povo Bom Despachense em torno de um ideal comum.

Isso é o que pedimos e o que pediremos ao povo de Bom Despacho: que venham todos, para que, juntos, possamos ceifar em benefício de nossa cidade e do nosso futuro. Se unirmos forças. a enormidade da seara não nos abaterá, porque juntos, nós poderemos muito mais.

Nenhum comentário:

b56a63c5-6e12-4ad3-81ef-13956069e781