domingo, 22 de abril de 2012

Carro com três rapazes cai no Córrego das Palmeiras, na Av. Dr. Roberto

Por volta das 19 horas de sábado (21/4) um carro com três rapazes caiu no Córrego das Palmeiras. O local está a mais ou menos 100 metros da rotatória da Rua do Rosário.

Como se deduz pelas marcas dos pneus e sinais do impacto, o carro seguia pela pista da direita. De repente, virou abruptamente para a esquerda, cruzou a pista, subiu no passeio, atravessou o gramado e se projetou no muro do outro lado do córrego. Com o impacto captou e ficou de rodas para o ar.
Considerando as marcas e o "vôo", pode-se presumir que o carro estava em altíssima velocidade.

Foi obra de muita sorte que o carro não tenha atropelado muitas pessoas que caminhavam no local naquele horário.

O perigo sempre presente

A Avenida Dr. Roberto tem sido usada como pista de corrida e até de pegas. Os acidentes são frequentes e já houve muitas quedas no canal. Já houve mortes, também. Por isso, neste blog, e também em minha coluna no Jornal de Negócios, venho insistindo na necessidade de colocar no local redutores de velocidade, sonorizadores e radares.

É triste ver um motorista irresponsável se envolver em acidente. É mais triste ainda quando sabemos que a irresponsabilidade pode matar gente que não tem nada a ver como a história. Como poderia ter acontecido ontem, com as pessoas que transitavam no local, e só por sorte escaparam.

Se o poder público não consegue tirar das ruas todos os motoristas irresponsáveis, pelo menos poderá tomar providências para que eles não possam desenvolver velocidades excessivas, colocando em risco a vida de todos. Para isso servem os sonorizadores, os redutores, os radares. Sem nos esquecermos da fiscalização e das blitzen para flagrar motoristas bêbedos e sem habilitação.












8 comentários:

Anônimo disse...

o povo já esta apelidando esta
avenida de " 381 " bondespachense

Anônimo disse...

Um acidente após o outro.
Sexta feira um jovem faleceu após arrebentar um audi. Pelo estado do carro e depoimento de testemunhas, também estava correndo.
Agora mais esse.
E o pior é que ninguem faz nada!
Quantos terão que morrer e se acidentar até que o prefeito tome alguma providência?

Anônimo disse...

Agora la chama é corrego das Palmeiras?

Anônimo disse...

Agora, não. Ali sempre foi o Córrego das Palmeiras. O mesmo que deu nome à Avenida das Palmeiras, ao bairro Palmeiras, ao Recanto das Palmeiras... Qual a dúvida?

Anônimo disse...

Pois acho que aquela avenida deveria ser mais sinalizada ,por o povo esta achando que a avenida doutor roberto é pista de corrida,e com isso só aumenta o índice de mortes.

Anônimo disse...

Sinalizada não meu amigo. Você já viu animais ler sinalização. Tem uns idiotas que passam naquela avenida no horário de pico da caminhada em altíssima velocidade.
É uma total falta de respeito com os pedestres. Ali a solução seria colocar quebra molas, é a única coisa que estes animais respeintam.

NOSSO PREFEITO ESTÁ ESPERANDO ACONTECER UMA TRAGÉDIA PARA TOMAR PROVIDÊNCIA. A INFELIZ MORTE DO RAPAZ NO FINAL DE SEMANA E O ACIDENTE COM O PALIO SERÁ SUFICIENTE PARA ATITUDE DAS AUTORIDADES???

Sr. Gentil, tome providências urgente!!!

Se existisse uns quebra molas naquela avenida aquele rapaz poderia estar vivo hoje.

Tâmara disse...

Bom, será q a avenida precisa ser mais sinalizada??? resolveria o problema contra os acidentes??? Se sim então Prefeito vamos lá né. Mais depende só do poder publico??? Eiiii motoristas um bom piloto é aquele q dirige com prudencia e responsabilidade, não o q consegue fazer uma curva em alta velocidade. Atenção examinadores de auto escola honra o salário q ganha e a sua obrigação ao habilitar um condutor. (Desculpas para os q fazem seu trabalho honesto)... OOOOO POPULAÇÃO VAMOS FAZER NOSSA PARTE TAMBÉM, VCS, EU, NÓS QUEREMOS MELHORIA NÉ, então se cada um pensasse um poquim antes de agir talvez não estivessemos nessas cituações.....

Anônimo disse...

Sim, definitivamente, a avenida precisa ser mais sinalizada. A sinalização existente é não apenas deficiente, mas mesmo errada.

Se todos fossem bem comportados, usassem do bom-senso, não precisaríamos nem de lei nem de governo. É exatamente porque existem motoristas IMPRUDENTES e IRRESPONSÁVEIS que o poder público deve agir. Por exemplo, colocando quebra molas, redutores de velocidade, semáforos e fiscalização. Principalmente fiscalização. É para isto que serve o Estado: tomar medidas que impeçam a ação dos infratores a fim de proteger os interesses de todos.

Ou seja, é OBRIGAÇÃO legal e moral do poder público fazer o que lhe estiver ao alcance para limitar a ação dos recalcitrantes. Em outras palavras, enquanto o prefeito não fizer a parte dele, ele terá parte da responsabilidade em todos os acidentes havidos no trânsito (lembre-se do que diz a lei e para que servem os governos!)

b56a63c5-6e12-4ad3-81ef-13956069e781