Segurança Pública

Clique aqui para participar desse Fórum. Sugira medidas práticas que podem ajudar no estancamento da violência em Bom Despacho.

A violência que antes parecia coisa do Rio de Janeiro e outras cidades grandes já chegou a Bom Despacho. Já passam de uma dúzia por ano as mortes violentas (homicídios, atropelamentos provocados por motoristas motorizados, sequestros.) Também cresceram os assaltos a bancos e empresas, os furtos e a aplicação de contos de vigário.

A Polícia Civil está cada vez menos aparelhada para enfrentar essas questões. Enquanto há dois ou três anos Bom Despacho tinha meia dúzia de delegados, agora está sem nenhum. O último, já prestes a aposentar, teve que tirar licença por motivo de doença na família. Temporariamente seremos atendidos por um delegado que já cobre uma região enorme, envolvendo Nova Serrana, Araújos, Perdigão e outras cidades.

Os investigadores e os escrivãos fazem o que podem. Mas a falta de servidores entre eles não é diferente do que acontece com os delegados. Com isso, muitos serviços estão visivelmente prejudicados. Não apenas o serviço de polícia judiciária, mas também serviços conexos, como o registro e emplacamento de veículos.

Essencialmente, a segurança pública é responsabilidade do governo estadual. Mas há uma série de medidas que o governo municipal pode tomar para ajudar no combate à violência e na minimização de suas consequências.

Clique aqui para participar desse Fórum. Sugira medidas práticas que podem ajudar no estancamento da violência em Bom Despacho.

3 comentários:

Rodrigo Machado disse...

Caro Vereador Fernando Cabral, acabo de ler mais uma triste notícia no Jornal de Negócios sobre um roubo ocorrido no Bairro São José onde resido e também fui vítima de roubo da mesma maneira e coincidentemente no domingo durante o dia. O incrível que ao chamar o perito para atender minha ocorrência o mesmo não pode fazer nada porque não tinha nenhum material para coleta de digitais etc. Em fim, nada foi feito e fiquei com um prejuízo de mais de R$ 10.000,00 e sem segurança nenhuma. Estamos à mercê dos bandidos e nós é que temos que ficar presos dentro de casa. Fica aqui minha indguinação e meu pedido de ajuda para o senhor interfira em nosso nome moradores do bairro São josé para o aumento da segurança. Obrigado

Hudson G. Santos disse...

A segurança pública é um problema crônico no estado e, principalmente na Polícia Civil. Enquanto continuarmos com esse modelo de segurança, onde o município não tem condições de gerenciar a própria segurança, por falta de verba (para instalação de uma guarda municipal) e pelo próprio modelo, que o estado é quem controla, a disparidade não acabará. Temos é que pegar com Deus e rezar para que a violência fique longe de nossos lares.

Silvana disse...

Prefeito socorro. nem sei aqui onde reclamar,moro em uma rua onde meus vizinhos são um tormento,eles tem uma oficina de ferragens, e o barulho de serra o dia todo e fora do horário permitido,não dá pra ver nem tv pois o barulho é ensurdecedor,também tem cheiro fortíssimo de zarcão,socorro!Eles tem também muitos animais,centenas,galinhas,patos,vários cachorros enooormes,qdo chove vc não imagina a àgua podre que invade meu quintal e o cheiro de galinheiro é tão forte que temos de sair de casa.Ano passado reclamei nada foi feito,estou vendendo minha casa,não acredito mais na política da boa vizinhança,mas até eu vendê-la, me de uma ajuda prefeito,onde vou?Como faço? Acredito no seu novo projeto para BD.Não seria o certo essa oficina ir pra longe em local não residencial?

b56a63c5-6e12-4ad3-81ef-13956069e781